Quantcast
Inédito “Bixa Travesti” vai brilhar no Festival de Berlim Cinema

Inédito “Bixa Travesti” vai brilhar no Festival de Berlim

Written by Marcio Rolim on December 17, 2017
Be first to like this.

Na última sexta (15) foi anunciado que o filme “Bixa Travesti”, do mineiro Kiko Goirfman e de Cláudia Priscilla, é um dos brasileiros participantes da mostra Panorama do Festival de Berlim, realizado de 15 a 25 de fevereiro de 2018.

O documentário retrata a cantora transgênero Linn da Quebrada durante uma investigação sobre as desconstruções das identidades de gênero. Goifman, que produziu filmes como “Periscópio” e “FilmeFobia” diz que “Linn é uma pessoa extremamente forte e que sofre preconceitos de todos os lados: é negra, da periferia e transexual”. Ele falou ao jornal O tempo:

“Há uma série de junções de pontos que a tornam uma vítima de preconceitos, mas ela nunca se fez de vítima, ela foi para o enfrentamento e é uma pessoa maravilhosa de se trabalhar. Ela assina o roteiro também além de ter indicado personagens. Mas não acho que seja um filme sobre a Linn. Vejo como um filme com a Linn”.

O festival também recebe outro filme sobre trans brasileira, “Obscuro Barroco” da diretora grega Evangelia Kranioti, uma coprodução com a França, que retrata Luana Muniz, uma importante militante na luta contra doenças sexualmente transmissíveis no centro do Rio de Janeiro e que dirigia um abrigo para travestis, transexuais e prostitutas que viviam com HIV e que veio a falecer este ano.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in