‘Boi Neon’ entra no catálogo mundial da Netflix sem cortes de nudez frontal

This post is also available in: English

Boi Neon é um drama brasileiro de 2015 que foi exibido em diversos festivais e entrou no circuito brasileiro em 2016. Agora foi adicionado ao catálogo mundial do Netflix, mas como não foi muito assistido quando foi lançado, poucas pessoas sabem o tanto de nudez frontal masculina que tem nele — principalmente do galã Juliano Cazarré. Mas não se preocupe! Estamos aqui para ajudar…. porque amamos filmes brasileiros. Sim, apenas por isso.

Em Boi Neon, Cazarré interpreta Iremar, um vaqueiro e aspirante a estilista que é parte de um grupo viajante que transporta animais de rodeio a rodeio. Por isso, Iremar leva uma vida de trabalhador rural nômade, dormindo em redes, fazendo xixi no mato e tomando banho com um monte de outros trabalhadores pelados.

É aqui que começamos a ver Cazarré pelado. E, ao fazer roupas sexy para sua amiga que é “dançarina exótica”, armar para roubar sêmen de cavalo e por fim seduzir uma mulher em sua oficina de costura, vemos ele repleto de uma sexualidade masculina que é crua, vulnerável e única. O que só deixa ele mais desejável.

Apesar de estarmos sedentos por Cazarré, vale mencionar que Boi Neon é um filme muito bom. Ganhou vários prêmios incluindo alguns para direção, fotografia e vários prêmios de júris especiais.

Aqui está o trailer de Boi Neon:

O trailer acima mostra um pouco da cinematografia e da atuação que fez de Boi Neon um sucesso inesperado.

RELACIONADO | Confira esse Vídeo com 50 Cenas de Nudez Frontal Masculina (Vídeo)

Se você acha o Cazarré tão gostoso quanto a gente, você pode conferir as cenas dele com nudez frontal aqui (link NSFW) ou ver o quadro a quadro das cenas do banho e de sexo aqui (link NSFW).

Nossa…. se a atuação estiver tão boa quanto a aparência dele, vamos ver Boi Neon várias e várias vezes.

Boi Neon está disponível para streaming no Netflix.

Traduzido por Rafael Lessa.

(Visited 3.029 times, 2 visits today)