Campanha Fotográfica Ridiculariza Brilhantemente Os Projetos De Leis Transfóbicos “Dos Banheiros”

Campanha Fotográfica Ridiculariza Brilhantemente Os Projetos De Leis Transfóbicos “Dos Banheiros”

Be first to like this.

This post is also available in: English Español

Na batalha pelo direito de igualdade dos transgêneros, há um histórico longo e bem documentado de políticos conservadores usando o bicho-papão de pessoas transgêneras assediando sexualmente mulheres e crianças como um jeito de assustar eleitores para que se oponham às “leis de acomodação pública”; o que quer dizer, leis que garantam às pessoas trans acesso igualitário a coisas como trânsito público, hospitais, hotéis, restaurantes, vestiários e banheiros.

Apesar do tal assédio nunca ter acontecido de fato literalmente, só nesse ano os legisladores conservadores no Canadá, Flórida, Kentucky e Texas propuseram leis que tornariam crime que pessoas transgêneras usassem o banheiro do seu gênero autodesignado. Tais leis deixam as pessoas trans com uma escolha perigosa: usar o banheiro de preferência e correr o risco de ser preso, ou usar o banheiro do gênero que lhe foi designado no nascimento e arriscar ser assediado ou agredido.

Em vez de apelar pelo mínimo de humanidade (como sempre), os ativistas trans Brae Carnes e Michael C. Hughes têm promovido uma campanha fotográfica no Twitter que mostra como as leis são ridículas. Usando as hashtags #WeJustNeedToPee (SóPrecisamosFazerXixi), #OccuPotty (BanheiroOcupado), e #PlettPutMeHere (PlettMeColocouAqui) (uma referência ao senador canadense anti-trans Don Plett), eles e outras pessoas trans estão ilustrando porque mulheres trans não pertencem ao banheiro masculino e os homens trans não pertencem ao banheiro feminino.

Os políticos conservadores realmente querem forçar as mulheres e crianças a fazer xixi na frente de homens peludos? Se sim, eles parecem apoiar exatamente o que alegam ser contra.

the-awesome-photo-campaign-to-end-transphobic-bathroom-bills-4

the-awesome-photo-campaign-to-end-transphobic-bathroom-bills-3

Related Stories

Término de namoro ruim: o que jamais fazer numa separação
Feminista transfóbica sugere que homens armados usem banheiros femininos
Ocupação Shortinho: LGBTs vão a mercado de shortinho em protesto; assista
Chris Crocker vende vídeo “Leave Britney Alone” como um NFT por R$ 200.000
Quantcast