Leões gays são vistos em rara cena de carinho no Quênia

Um fotógrafo conseguiu um momento raríssimo na vida selvagem ao capturar um encontro romântico entre dois leões. Sim, dois machos! Um casal de leões gays foi visto fugindo várias para os arbustos no Masai Mara do Quênia como quem procura privacidade até que se descobriu que estavam envolvidos em uma afetuosa amizade e ao contrário do que muitas vezes pode ser um fim violento um macho de uma espécie que está disputando uma fêmea, esse casal não brigava, mas trocava carícias montados um no outro.

O guia de viagens Paul Goldstein, de Wimbledon, Londres, disse que os observou pela primeira vez lado a lado, depois os dois se deitaram até que um montou suavemente sobre o outro… até que a cabeça de um já descansava sobre a do outro.

“Às vezes a gente encontra coisas que tira o nosso fôlego. Eu estava guiando no Masai Mara recentemente e vimos dois machos impressionantes em plena luz do dia. Depois de um tempo eles ficaram juntos, como namorados, e o que aconteceu foi notável. Eu já tinha ouvido falar disso no Botswana, mas com nada como esse vigor”.

“Foi surpreendente. Eu normalmente odeio qualquer tipo de humanização com animais e nossos documentários estão cheios disso, mas isso não foi apenas surpreendente, era impossível não sorrir. Quando os leões se acasalam, normalmente duram alguns segundos, esses dois ficaram nisso por mais de um minuto e a afeição óbvia é muito evidente em oposição à retirada violenta quando é entre macho e fêmea”.

Relações entre leões machos, apesar de raro, está longe de ser desconhecido. Estudos recentes e até publicados no século 20 indicaram que cerca de oito por cento dos acasalamentos observados pelos cientistas eram leões machos com outros machos. Segundo o portal MailOnline, biólogos registraram atividade sexual do mesmo sexo em mais de 450 espécies, incluindo flamingos, bisonte e até besouro. Está na hora de expandir nossos horizontes sobre sexualidade e homossexualide, não é mesmo?

 

Imagem da capa por Paul Goldstain