Conchita Wurst Morrer
Conchita Wurst Morrer

‘Conchita Wurst Tem Que Morrer’ Diz o Alterego Masculino da Drag Queen Barbada

This post is also available in: English Español Français

A música que levou a drag barbada Conchita Wurst à fama e fortuna se chama “Rise Like a Phoenix“, e fala sobre o animal legendário que sobrevive às chamas. Agora o homem por trás da música e da maquiagem, Tom Neuwirth, quer que a Conchita Wurst volte às cinzas.

Recentemente, Neuwirth se sentou com o jornal alemão Die Welt para uma longa entrevista.

Ele explicou a fase em que ele se encontra no que diz respeito à Wurst, seu alterego: “Eu sinto que eu quero criar uma nova pessoa … Com a mulher barbada, eu conquistei tudo que eu queria desde a vitória no Eurovision.”

A entrevista começa com perguntas sobre identidades e gênero. Neuwirth fala sobre conceitos equivocados de que Conchita Wurst é na verdade uma mulher transgênera, completando, “Eu sou e sempre vou ser Tom. Eu não quero ser uma mulher. Eu amo homens, mas como um homem. … Quando estou vestida de Conchita, homens não me interessam. Como drag, eu me sinto completamente assexuada.

Então Neuwirth confidência que as coisas estão ficando mais complicadas ultimamente.

“Eu também me visto [como um] homem,” diz. “Eu estar sentado aqui usando sapatos sem salto hoje seria algo impensável há um ano! Eu estou buscando, sim. Eu me questiono mais do que nunca ultimamente. … E Tom se rebelou. Ele é muito barulhento.”

Conchita Wurst MorrerFoto via Instagram

Notando que Neuwirth aparece mais e mais regularmente com o cabelo curto no Instagram, o jornalista pergunta o que isso significa e o que Neuwirth quer.

“Ele quer sair, se mostrar. Ele vive como uma criança em um porão,” afirma.

Para isso acontecer, Neuwirth sabe que Conchita Wurst tem que partir.

“Eu tenho que matá-la,” diz Neuwirth, apesar de não falar como ou quando.

Assista Conchita Wurst cantando “Rise Like a Phoenix” no Eurovision Song Contest de 2014:

Traduzido por Rafael Lessa.