Crianças são tiradas de praia italiana após onda trazer consolos ao litoral

This post is also available in: English Español Français ไทย 繁體中文

Consolos podem ser uma ótima maneira de apimentar sua vida amorosa. Eles também são ótimos para brincadeiras divertidas. Eles tem um história de séculos. Eles podem ainda ser adicionados ao seu drink ou cerveja preferida para se ter o maior drink gay de todos. No entanto, quando um monte de consolos aleatoriamente foram trazidos pela correnteza para uma praia italiana, muitas, muitas perguntas surgiram.

Voluntários foram os primeiros a notarem os consolos no litoral do Eremitério de Camaldoli, um mosteiro perto do porto de Nápoles. Os voluntários fazem parte do Associação de Limpeza do Licola Mare, uma organização dedicada a manter as praias limpas. Essa praia napolitana em específico é conhecida por ter uma grande quantidade de lixo na praia trazido pela correnteza do mar. O The Sun falou com o presidente da associação Umberto Mercurio, que disse que “por causa da correnteza do mar, muito lixo frequentemente vai parar na praia. Esse canal leva ao fim de seu curso.”

Quando falou sobre avistar os consolos, um voluntário disse ao The Sun, “quando vimos começamos a rir porque não podíamos fazer mais nada.” Devido a essa chegada inesperada de brinquedos sexuais, as autoridades foram forçadas a banir crianças da praia por tempo indeterminado, enquanto eles investigam a situação.

Tudo isso nos leva a um importante mistério: Como mais de doze consolos foram trazidos pelo mar de uma vez? A coleção de brinquedos sexuais de alguém estava tão grande que a única maneira que ele encontrou de controlá-la foi lançar um bando de consolos usados na profundeza do oceano? Rolou uma festa de sexo cheia de consolos em uma barco, e não fomos convidados? Será que rolou alguma coisa no mosteiro que precisou de uma imediata eliminação das “provas”? Existem sereios italianos gostosos que esqueceram de guardar seus consolos depois de uma noite de muita diversão? Acho que nunca saberemos.

 

Traduzido por Rafael Lessa.