Eu acho que sou gay. E agora? Assista novo vídeo dos Valetes.

Você já conhece o canal dos Valetes, claro. E toda vez que tem vídeo novo a gente vai te chamar pra assistir porque os menines mande muito bem sempre. E qual de nós nunca se perguntou “por que eu?”, “será que sou mesmo gay?”, “o que está acontecendo comigo?”.

O valete Renan Wilbert divide com o público sua experiência pessoal sobre a descoberta na adolescência e oferece palavras de apoio e conforto a uma fase da vida que é muito complicada para a maioria dos LGBTs, mas que em grande parte dos casos passa e vira um exemplo de superação.

Esse questionamento é uma grande vitimização. A gente entra num dilema de tentar fingir ser que a gente não é ou simplesmente se assume, mesmo isso ter sido ensinado a vida inteiro que isso era errado.

Do esteriótipo do personagem “Seu Piru” até o primeiro beijo, o bonito traça o caminho até o dia que a ‘bad’ passa, que a culpa passa e que a felicidade de estar se relacionando com quem gostava era a melhor coisa que ele poderia fazer.

Na época eu achava que era uma admiração, que eu queria ser igual aos meninos que eu na verdade gostava. Meu maior questionamento era “por que comigo?”, até que eu respirei fundo e dei meu primeiro beijo em um cara.

Enfim, a gente vai deixar você assistirem o vídeo. Não esqueçam de curtir o canal.