Militantes LGBT são tema de longa “Meu Corpo é Político”

O Filme dirigido por Alice Riff que propõe uma reflexão sobre identidade de gênero, “Meu corpo é político” será exibido na terceira edição do DOCSP – Encontro internacional de documentário de São Paulo que acontece de 27 de setembro a 5 de outubro na Unibes Cultural em sessão especial, seguida de debate com a realizadora, hoje, 4 de outubro, às 20h e o Hornet vai estar presente.

“Meu Corpo é Político” aborda o cotidiano de quatro militantes LGBT que vivem na periferia de São Paulo: Linn da Quebrada, artista e professora de teatro, Paula Beatriz, diretora de escola pública no Capão Redondo, Giu Nonato, jovem fotógrafa em fase de transição, e Fernando Ribeiro, estudante e operador de telemarketing.

O documentário traz um olhar original sobre o tema ao fugir dos padrões recorrentes e não retratar transgêneros e travestis em situações de violência e prostituição. Em “Meu Corpo é Político” a violência surge em diversas camadas do cotidiano e a luta contra a transfobia onipresente aparece sob forma da resistência representada por atos aparentemente banais como sair de casa, frequentar faculdade, ter emprego, se relacionar e ter momentos de lazer.

A narrativa foi construída conjuntamente com os personagens, por isso a opção de um documentário controlado, no qual as cenas são encenadas por eles próprios a partir da vivência de cada um, em busca desse “corpo político”.

O filme será distribuído nacionalmente prevista para 30 de novembro de 2017 e você pode conferir prévias na página do longa.

Assista aqui o teaser