Modelos gays iraquianos contam uma incrível história ao se assumirem (vídeo)

This post is also available in: English ไทย 繁體中文

Durante o ensino médio, os gêmeos iraquianos e americanos Michael e Zach Zakar pareciam idênticos, mas eram bastante diferentes. Michael era um artista solitário e Zach era um atleta de rugby.

Um dia, quando Zach estava ausente da escola por conta de uma gripe, um calouro de de sua escola do ensino médio americano perguntou a Michael se ele queria dar uns pegas na cabine do banheiro do ginásio da escola. NO momento do encontro, dois,  outros alunos entraram e pegaram pegaram os dois. Constrangido, Michael fugiu.

Como ele parecia muito com seu irmão gêmeo, um rumor começou a circular na escola que Zach tinha sido pego ficando com um cara no banheiro. Quando Michael chegou em casa e disse a Zach sobre o rumor, Zach respondeu: “Eu pensei que ninguém tinha me visto!”

Hungover, but feeling peachy. ?

A post shared by Zakar Twins (@zakartwins) on

Confuso, Michael explicou o que aconteceu e eles acabaram por perceber que ambos haviam ficado com o mesmo aluno no banheiro em dias diferentes (Zach tinha ficado com ele uma semana antes de ficar doente).

Antes dessa conversa, nenhum dos dois irmãos tinha percebido ainda que seu gêmeo era gay. Algum tempo depois, eles se assumiram para seus pais nascidos no Iraque. Mas, enquanto o pai deles aceitou tranquilamente, sua mãe católica teve dificuldade em aceitar sua sexualidade e chegou a atirar água benta sobre eles antes de fugir para a igreja por uma semana.

Os gêmeos disseram que, se eles não tivessem um ao outro como apoio, eles teriam dificuldade em enfrentar as vidas que eles têm agora. Eles agora trabalham como modelos e transformaram sua experiência em uma “memória de tragicomédia” chamada Pray the Gay Away, que será lançada em 2018.

Eles também estão trabalhando em um calendário sexy e um aplicativo chamado “My Twin” para ajudar outras gays a saírem do armário.

Veja mais fotos deliciosas de dos gêmeos Zakar aqui no instagram deles, seu Canal no YouTube e conheça mais sobre o trabalho dos meninos no site deles..