Vídeo Chocante de Mulher Trans Sendo Assassinada Deixa Brasil Indignado

This post is also available in: English

Um vídeo de celular mostrando uma mulher trans sendo agredida brutalmente momentos antes de ser assassinada chocou o Brasil e trouxe o problema do país de violência anti-LGBT para o centro da atenção.

O vídeo perturbador mostra um grupo de homens chutando a mulher, batendo nela com paus e a forçando a entrar em um carrinho de mão. O vídeo não mostra, mas posteriormente ela foi baleada e espancada.

A vítima é Dandara dos Santos. O homicídio ocorreu no dia 15 de fevereiro em Fortaleza, mas o incidente voltou a receber atenção depois que o vídeo virou viral na internet.

Segundo o New York Times a polícia prendeu três adolescentes e dois homens envolvidos com a tortura e o assassinato. Eles ainda estão procurando por outros envolvidos.

A mãe da vítima, Francisca Ferreira, falou para a televisão, “Eu fiquei muito desesperada, chorando e assim ‘meu Deus, o que foi que aconteceu?’ O que foi que esse menino fez?”

David Miranda, ativista LGBTQ brasileiro falou fervorosamente sobre o crime e exigiu providências dos legisladores:

O Brasil tem um problema grave com crimes de ódio motivados pela queerfobia. Uma pessoa LGBTQ é assassinada a cada 25 horas no país.

 

Traduzido por Rafael Lessa.