YouTube Tira do Ar Clipe Polêmico ‘Com Sexo Gay Explícito’ Após Somar Mais de 700.000 Visualizações

This post is also available in: English Español

Após mais de 700.000 visualizações, o YouTube tirou do ar o clipe NSFW de “House of Air” de Brendan Maclean.

Como já tínhamos observado, o curta-metragem não tem limites. Explora os códigos dos lenços, brincos, fisting, urina, scat e mais. House of Air Esteve no YouTube por 10 dias até finalmente ser removido. A explicação deles: “Esse vídeo foi removido por violar a política de nudez e conteúdo sexual do YouTube.” Óbvio!

Maclean na verdade não achava que o vídeo ficaria tanto tempo no YouTube.

Ele falou para o The Hollywood Reporter:

Colocamos no YouTube como uma brincadeira. Fizemos apostas de quando seria removido — ninguém ganhou. Nunca foi uma ideia de marketing, mas foi uma ideia original que era importante par mim. Era para todo mundo? Claro que não. Foi o maior sucesso que eu já tive com qualquer coisa que eu tenha feito? Com certeza. Você passa muito tempo como um músico independente preocupado em como agradar as massas caretas; foi por isso que eu dei o título para a música de House of Air: funbang1. Todo esse projeto tem sido sobre focar em temas, sons e imagens que meio que me divertiam. Que surpresa que o conselho de que não se deve tentar agradar todo mundo era verdade esse tempo todo, eu só tinha que acreditar.

O vídeo não está mais no YouTube, mas não se preocupe; você ainda pode encontrar o curta-metragem aqui. Só se certifique de que você não está assistindo no trabalho ou perto de bebês ou em público ou com sua mãe. A não ser que ela curta essas merdas. Literalmente.

Traduzido por Rafael Lessa.

(Visited 426 times, 1 visits today)