Quantcast
Adolescente mata pai adotivo gay para ficar próximo do pai biológico na cadeia Notícias

Adolescente mata pai adotivo gay para ficar próximo do pai biológico na cadeia

Written by Daniel Villarreal on November 16, 2017
Be first to like this.

This post is also available in: English Español

O Departamento de Polícia Metropolitana de Indianápolis prendeu o jovem Jordan Marin-Doan, um adolescente de 16 anos, por começar um incêndio que matou seu pai adotivo de 45 anos Jason Doan. Quando interrogado pela polícia, o adolescente Jordan Marin-Doan disse ter começado o fogo para poder ir para a prisão e ter uma cela próxima à de seu pai biológico (que também está preso). O garoto será julgado como adulto por assassinato, incêndio culposo, e roubo de automóvel.

Jason Doan, o pai adotivo do garoto, havia casado com o seu marido Alan Marin em 2014 imediatamente após o casamento do mesmo sexo ter sido legalizado em Indiana, nos Estados Unidos. No ano passado, eles adotaram três crianças, o adolescente Jordan, um menino de 10 anos, e outro menino de 11 anos.

Uma semana antes do ataque de 2 de novembro, Jordan Marin-Doan ameaçou matar seus pais adotivos para ficar mais perto do pai biológico. Na noite do incêndio, ele jogou a gasolina de um cortador de grama no meio das escadas e colocou fogo usando um isqueiro. Ele então dirigiu o carro do casal e parou no estacionamento de um hotel em Decatur, Indiana, onde a Polícia o encontrou.

LEIA TAMBÉM | Why a 79-Year-Old Progressive Methodist Minister Burned Himself Alive

Jordan disse à polícia que após ter colocado fogo na casa ele se arrependeu, ficou assustado e fugiu. De acordo com o Jordan, ele não estava nervoso, e não sabe por que fez isso.

Enquanto Jordan fugia para a cidade de Decatur, os pais adotivos acordaram com o som do detector de fumaça às 11 da noite. Eles pegaram as crianças e foram para o banheiro onde Doan quebrou uma janela para que Marin pudesse rastejar para fora. Doan passou as duas crianças mais novas para seu parceiro, e foi atrás dos cachorros da família.

Não se sabe se Doan resgatou os animais. Os bombeiros o resgataram da casa e o levaram para o Hospital Eskenazi, onde mais tarde ele morreu por “inalação de produtos de combustão”.

Doan tinha uma empresa de construção que comprava, reformava e vendia casas. Ele também era doador de órgãos, e os rins e o fígado irão ajudar outras pessoas. O fogo danificou consideravelmente a residência. O viúvo e as crianças estão em casa de familiares.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文