Katya de RuPaul’s Drag Race fala sobre a reabilitação: ‘Eu não sabia o que era real’

This post is also available in: English Español Français Türkçe

Katya acabou de falar sobre o que causou sua parada na carreira. Ela revelou que foi para a reabilitação após o hiato que começou no início deste ano. Katya, ou Brian McCook, teve uma recaída na Austrália depois do All Stars 2 no ano passado. Ele continuou a fazer metanfetamina e sofreu uma “ruptura psicótica completa e total da realidade”. A entrevista sobre a reabilitação de Katya saiu no novo podcast Whimsically Volatile.

Em relação a sua decisão de ir para a reabilitação, ele compartilha: “Meu pai realmente disse: ‘Você faz o que é certo para você’, e minha mãe disse: ‘É melhor você fazer isso, vadia’. Fui voluntariamente para a reabilitação. Fui ao Serenity Care Center em Surprise, Arizona e eles trabalharam eles me reviraram do avesso”.

O entrevistador menciona que McCook acabara de dar um tempo da carreira de drag antes de sua decisão de ir para a reabilitação. “Eu não sabia o que era real e o que não era real”, disse ele, dizendo que sofria de alucinações. “Camadas de realidade estavam se misturando e as fronteiras entre o que era real e não real eram completamente voláteis e indistinguíveis”.

Ele explica: “Alucinações, visões, alucinações auditivas. Esses efeitos me deixavam histérico”.

katya retiring
Katya

“Isso abalou o meu mundo”, disse ele. “Eu pensei que só tinha um problema com drogas”. Quando perguntado sobre sua história com abuso de substâncias, ele diz: “Toda a minha história de vida está repleta de provações, tribulações e traumas”. Referindo-se a isso como uma recaída, ele compartilha que a metanfetamina o transformou em “um zumbi, um vagabundo e um trapaceiro”.

McCook confirmou que foi detido pela polícia neste ano. Os proprietários pediram que ele deixasse sua casa em Los Angeles por ser uma perturbação para os outros enquanto usava drogas.

McCook também compartilhou que um ente querido quase colocou uma ordem de restrição contra ele e ele tentou atacar fisicamente outra pessoa que ele ama muito.

“Foi no fundo do poço.”

 

Para ouvir a entrevista completa clique aqui.