O comportamento predatório de Kevin Spacey não é novidade

This post is also available in: English Español Français ไทย 繁體中文

Esta semana o ator de Star Trek Discovery Anthony Rapp disse que Kevin Spacey tentou abusá-lo sexualmente em 1986 quando ele tinha apenas 14 anos. Daí o ator mais velho tentou mudar as manchetes respondendo as antigas perguntas da mídias sobre sua sexualidade. Sim, ele é gay — mas não funcionou. Em vez disso, sua saída do armário foi vista como uma tentativa de distração. E, para piorar, sua saída do armário causou mais ódio ainda em seu público.

A orientação sexual de Spacey foi um dos segredos abertos de Hollywood. Enquanto ele geralmente invocava “privacidade” impedindo-o de sair do armário oficialmente, ele brincou com a frase “saiu” no Tony Awards desse ano. Mas agora está aparecendo que alegações como a de Rapp também são rumores.

Um clip de Family Guy de 12 anos atrás está de volta às redes:

No clipe, Stewie pelado corre pelo corredor e grita “Socorro! Eu fugi do apartamento de Kevin Spacey! Me ajudem!”

No entanto, não é apenas o Family Guy. Em 2015, um artigo do Gawker Media colecionou histórias da Kevin Spaceyvindas de leitores anônimos. As histórias não falavam apenas sobre ele ser gay, mas um predador.

Embora as histórias do Defamer sejam anônimas e, portanto, não podem ser comprovadas, elas não pintam uma boa imagem de Spacey. No artigo é dito que ele cumprimenta as pessoas tocando a bunda delas. Há uma história sobre Spacey fazendo festas privadas com jovens estudantes do Savannah College of Art and Design. Em outra história, uma equipe de filmagem se certificou de que qualquer “subordinado” ao entrar em contato com Spacey tinha que ser uma mulher ou um homem mais velho devido ao assédio de um assistente de produção no set.

Outro artigo Defamer diz que Spacey costumava fazer o mesmo em Los Angeles durante as filmagens o que resultou em uma reclamação do diretor Bryan Singer sendo envolvido em uma acusação de “abuso de menor.”

Em 2004, Spacey disse ter sido agredito em Londres. Mas em 2008, o site de fofocas PopBitch publicou:

Lembram em 2004, quando Kevin Spacey foi “brutalmente agredido” enquanto caminhava seu cachorro às 4:30 da manhã? […]

O que realmente aconteceu foi o seguinte. Spacey acenou para um garçom onde estava jantando. Ele entregou uma nota de nota de 20 libras com seu número de telefone, e o garçom estupefato concordou em encontrá-lo mais tarde.

Os dois homens então foram caminhando juntos. Enquanto caminhava de volta ao apartamento de Spacey, perto do Old Vic, para continuar a sessão de bebedeira, passaram por um parque próximo. Spacey sugeriu ao garçom algo que eles poderiam fazer em seguida. Não gostando da sugestão, o garçom que era hétero, perfurou o astro no rosto.

Depois, os advogados de Spacey sugeriram fortemente a ele que ele mantivesse a história em segredo. O garçom não estava interessado em vender a história ou ter algum dinheiro com aquilo e manteve um silêncio digno desde então.

Spacey faz aparições frequentes ono Blind Item Rehash, um site que pesquisa itens cegos em notícias de fofocas. Um “item cego” é quando uma coluna de fofocas espalha a sujeira sem anexar um nome, geralmente usando descritores vagos como “um ator da lista A”. Geralmente “itens cegos” não são necessariamente confiáveis; Dada a natureza, qualquer pessoa pode enviar um item cego sem provas de qualquer tipo.

As histórias sobre Spacey também começaram a surgir no Twitter:

https://twitter.com/becca_nvk/status/925046700703731712

Infelizmente, não há como provar a maioria dessas histórias. Pode-se facilmente explicá-las, no entanto, com Rapp revelando o ocorrido, elas certamente parecem mais reais.