Documentário da Netflix sobre Marsha P. Johnson de Stonewall é acusado de plágio

Documentário da Netflix sobre Marsha P. Johnson de Stonewall é acusado de plágio

Be first to like this.

This post is also available in: English

Na última sexta, a Netflix lançou The Death and Life of Marsha P. Johnson, um documentário sobre a mulher que teria atirado o primeiro tijolo na Rebelião de Stonewall. Nesse final de semana, no entanto, a cineasta Reina Gossett acusou o diretor de Death and Life David France de roubar não só sua ideia como sua pesquisa.

Em um post no Instagram no sábado, Gossett escreveu o seguinte, que editamos para ficar mais claro:

Essa semana enquanto estou pegando dinheiro emprestado para pagar o aluguel, David France está lançando seu negócio multimilionário com a Netflix sobre a Marsha P. Johnson. Eu ainda estou meio perdida tentando não ligar e chocada como esse filme foi feito e rende tanto dinheiro com as nossas vidas e ideias.

David teve sua inspiração para fazer esse filme a partir de um vídeo para um pedido de concessão que @sashawortzel & eu fizemos e mandamos para a Kalamazoo/Arcus Foundation Social Justice Center enquanto ele fazia uma visita. Ele falou para as pessoas que trabalhavam lá — eu não estou brincando — que era ele que devia fazer esse filme. [Ele] recebeu financiamento da Sundance/Arcus usando minha linguagem e pesquisa sobre a STAR. [Ele] fez o Vimeo remover meu vídeo do discurso crítico “é melhor vocês se acalmarem” da Sylvia, roubou décadas do meu arquivo de pesquisas que eu sofri violência para conseguir.

[Ele então] fez sua equipe ligar para a Sasha no trabalho para pegar nossos contatos e contratou a nossa consultora do nosso filme da Marsha, Kimberly Reed, para ser sua produtora. ACREDITE?TEM?MUITO?MAIS?.

Esse tipo de extração/escavação da vida negra, vida deficiente, vida pobre, vida trans é tão antiga e tão profundamente conectada com a violência que a Marsha teve que lidar por toda sua vida.

Então eu sinto tanta raiva e pesar por tudo isso & a STAR deve ter um plano bem sério para passar por muitas pessoas — e claramente por qualquer meio necessário — para espalhar sua mensagem. Então hoje eu estou canalizando energia de sacerdotisa para me acalmar porque estou assim ???.

Related Stories

Cinco momentos para se evitar engatar um namoro (vídeo)
Professora bissexual é proibida de hastear a bandeira do Orgulho em sala de aula
Atriz Glamour Garcia conta que está pronta para redesignação sexual: ‘tenho dinheiro e tempo’
Justin Timberlake finalmente se desculpa com Britney Spears e Janet Jackson: ‘falhei’
Quantcast