Oficina
Oficina

Oficina de arte aborda sexualidade e poesia com imersão em cena homoerótica

Oficina de atuação, poesia e performance baseada na peça “Meninos também amam” abordará a partir dos poemas e dispositivos cênicos que compõem a criação da cena coreográfica do espetáculo, atuais questões éticas e estéticas em torno do processo criativo do ator e performer contemporâneos.

Os integrantes da oficina entrarão em contato com os poemas da dramaturgia de Meninos também amam e a partir deles mergulharão em um estudo da palavra poética e sua relação com seus corpos manifestos. Também serão abordados alguns tópicos da história recente da homossexualidade e da homoart, enquanto movimento cultural e político, na tentativa de oferecer aos integrantes da oficina reflexões históricas que se materializem em suas investigações e produções artísticas.

LEIA TAMBÉMMeninos Também Amam emociona público e choca com a beleza da poesia

Esta oficina também acontecerá como audição para montagem do próximo espetáculo d´A Inacabada Cia, homOrgias poéticas. NO espetáculo anterior, o texto inebriante, levava ao público o anseio por liberdade explicito na poesia de Guerche que consegue arrancar lágrimas, sensações, dor e algum conforto em saber que os corpos dissidentes não foram apagados por completo.

A oficina será ministrada por Rafael Guerche que é diretor, ator e poeta, graduado em atuação pela Escola Livre de Teatro, em Direção Teatral pela SP Escola de Teatro e graduando do curso de Letras pela Universidade Federal de São Paulo. Guerche é também o criador, diretor artístico e produtor do espetáculo Meninos também amam desde 2013, em 2016 criou o projeto homOrgias poéticas.

Serviço 

Público: Atores, Performers e Bailarinos

Dias: 17, 22, 24 e 29 de Abril.

Para se inscrever, clique neste link 

Comments are closed.