Estudantes descobrem que professor de matemática era estrela do pornô gay

This post is also available in: English Español Français ไทย 繁體中文 Українська

Esta semana, alguns estudantes da Universidade La Sapienza de Roma descobriram que o seu gostosíssimo professor de matemática Ruggero Freddi costumava atuar em pornografia gay sob o nome de Carlo Massi.

Como eles descobriram esse porn star

O passado da antiga estrela pornográfica, agora de 41 anos, foi descoberto por seus alunos depois que ele publicou recentemente um vídeo no Facebook de si mesmo fazendo flexões sem camisa. O vídeo foi compartilhado entre seus alunos quando as pessoas nos comentários começaram a discutir o passado pornográfico de Freddi. Depois disso, uma das maiores organizações de notícias da Itália, o Republica, confrontou o professor e confirmou que ele é de fato um ex ator versátil e musculoso da Colt Studios conhecido como Carlo Masi.

“Alguns estudantes publicaram a foto em alguns sites e, a partir daí, minha vida anterior como ator pornô resurgiu”, disse Freddi. “Para ser sincero, nunca foi exatamente um segredo”.

Masi originalmente mudou-se para os EUA para atuar na pornografia depois de encontrar seus sonhos de se tornar um engenheiro na Itália desapontado com baixos salários e falta de emprego. Ele apareceu em cerca de 18 cenas com Colt Studios quando ele tinha mais de 24 anos, mas deixou de atuar em 2013 para buscar um mestrado em matemática.

Ele começou a ensinar enquanto estudava para o seu doutorado. Curiosamente, ele não é o único bem conhecido professor italiano de matemática que também é desejável por fãs homossexuais. Há também o professor de matemática de 28 anos de idade, Pietro Boselli, que parece um modelo fitness que alcançou a fama na web em 2015.

Freddi está noivo de seu namorado Gustavo Alejandro Leguizamon com quem já está há 11 anos.

Freddi disse ao Gay Star News, “Eu sabia que, mais cedo ou mais tarde, algo iria acontecer, mas não esperava que algo tão grande acontecesse. Achei que alguém publicaria algo e meus alunos falariam por um tempo, mas não algo como o país estivesse falando sobre isso”.

Ele ainda não retornou à sua universidade, já que a notícia de seu passado de pornografia apareceu nos jornais nacionais, mas disse que espera que alguns estudantes brinquem com o passado de sua pornografia e talvez o elogiem por suas performances na câmera.

“Estou feliz e orgulhoso de minhas duas carreiras”, disse Freddi. “Ambas refletem parte da minha personalidade. Fiquei feliz, eu era um cara bonito e o mundo reconheceu isso. Estou muito feliz pelo mundo reconhecer que sou um cara inteligente”.

Veja aqui algumas fotos do italiano gay e professor, Ruggero Freddi: