SxSW tendências
SxSW tendências

10 tendências e tópicos relevantes do SxSW

O SxSW é o maior evento de inovação do mundo, que aponta questões e tendências relevantes sobretudo em tecnologia, marketing e música, mas também em outras áreas como gastronomia, artes e cinema.

Esse ano o festival, que aconteceu entre 9 e 18 de março em Austin, Texas, teve número recorde de brasileiros – que formaram a segunda maior delegação estrangeira. Foram mais de 1800 painéis, palestras e workshops e ficar zanzando entre os diversos centros de convenções durante o dia e casas de shows à noite com passadas nas inúmeras ativações de marcas, faz parte da rotina do South By – que é como os frequentadores chamam o evento.

Ainda que esteja longe de ser um festival gay, tem uma seção que discute especificamente assuntos LGBTQIA+. É bem difícil escolher dez destaques, mas vamos lá:

 

Músicxs que desafiam gênero

Assim como no Brasil, uma geração de artistas está desafiando conceitos tradicionais de gênero e marcou presença no SxSW. Anote e siga especialmente Shamir, Sammus, Mr Kitty, Ezra Furman.

 

Direitos Humanos Digitais

O medo de um futuro nos termos retratados em Black Mirror tem feito repensar como se dará o uso das novas tecnologias. A ética de seu uso – como por exemplo perguntar aos convidados de sua casa se querem que você desligue seu assistente virtual, como Alexa- e os Direitos Humanos Digitais que entrarão em vigor em maio com o novo GPDR europeu são o contraponto que podem permitir proteção básica aos dados pessoais, já considerados a mercadoria de maior valor do mundo.

 

Moda

Preto opaco é a cor para roupas, acessórios, móveis e gadgets. Laranja é outra cor que terá destaque. O novo estilo de vestir é o New Formal, que surgiu na Coréia e Japão, traz calcas de alfaiataria mais justas e barra curta com camisas e casacos oversized.

 

Facebook x GIFs

É praticamente uma unanimidade que o Facebook tem seus dias contados. A discussão já é quanto tempo vai durar e o que vai substituí-lo. Uma das palestras mais interessantes e concorridas foi ‘The End of Content”  (O Fim do Conteúdo) de Alex Chung, criador e CEO do Giphy maior plataforma de busca e produção de imagens curtíssimas.

 

LGBT no Poder

Muitos líderes mundiais passaram pelo festival, entre eles o primeiro ministro da Irlanda Leo Varadkar, gay assumido e filho de imigrante indiano. Ele defendeu a imigração e conquistas de direitos LGBT como motores da força do país que mais cresce na Europa atualmente.

 

Intersexuais + visíveis

O número de pessoas intersexuais ainda é alvo de controvérsias, mas no SxSW o grupo foi tema de várias mesas. A Parada de São Paulo em junho próximo passa a ser do Orgulho LGBTI, portanto espere ouvir falar mais sobre o tema.

 

Cripto-moedas

Ainda que tenha sido um dos temas mais recorrentes, a verdade é que pouca gente sabe afirmar quando as crypto-currencies farão parte do cotidiano como formas de pagamento, financiamento e investimento, mas isso não deve tardar muito. Uma moeda LGBT inclusive deve ser lançada em breve. Blockchain, Bitcoin, ICOs, STOs são termos que já fazem parte do vocabulário e se você não sabe do que se tratam deve se informar.

 

Tendências tecnológicas

Há um consenso que celulares e computadores serão rapidamente substituídos por aparelhos Screenless, ativados pela voz. Vamos ver chegando ao mercado muito brevemente Espelhos Multi-funções, que darão diagnósticos sobre sua saúde e Impressoras 3D de comida (sim, isso mesmo, já havia demonstrações no Trade Show do SxSW).

Naturebas e Cannabis

Em 2018 a indústria da maconha legal vai gerar mais de US$ 50 bilhões nos EUA com todo tipo de produtos, em especial comestíveis. Cannabis Bars são um must nas festas de casamento modernas da Costa Oeste. E o consumo de carnes vegetais devem substituir muito rapidamente boa parte dos similares animais.

 

Na rede

Microinfluencers, com menos de 20 mil seguidores são o novo foco de empresas de tendências, que não identificam mais Influencers com milhões de seguidores como lançadores de tendências. Esqueça 30 segundos: 6 segundos esse é o novo padrão de tempo para vídeos, já que a visualização média de vídeos on line é de menos de 2 segundos.