1ª Parada LGBT da cidade Tiradentes discute Estado Laico e religião

1ª Parada LGBT da cidade Tiradentes discute Estado Laico e religião

Be first to like this.

O bairro de São Paulo cidade Tiradentes recebe neste domingo 22 a primeira Parada do Orgulho LGBT, mas a semana já começou com muitos eventos e discussões. Desde o dia 17, quando começo a semana da parada, vem rolando palestras, feiras, filmes, mostras e mesas a fim de orientar a comunidade e integrar pessoas para o grande evento que será no domingo.

O evento tem o objetivo de promover a integração dos diversos segmentos de diversidade sexual, conscientizar a comunidade sobre medidas de prevenção e profilaxia e assumir o orgulho, o respeito e a alegria como instrumentos para lutar contra o preconceito, especialmente de gente em situação de menos privilégio e que vive em áreas periféricas.

Jal Moreno, coordenador da Casa de Cultura Hip-Hop Leste, que colabora com a realização do evento, afirma que a população LGBT dessa região é muito grande e enfrenta dificuldades de aceitação seja dentro da família, seja na escola ou outros setores da sociedade, incluindo a Igreja.

“Por isso, em nossa política de integração, incluímos, na Semana da Parada, palestras e encontros com representantes de diversos segmentos religiosos. Sabemos que discutir o estado laico e a religião é fundamental para que pessoas LGBT sejam menos discriminadas em camadas onde a religião é mais forte”, diz Moreno.

A programação conta com sessão de cinema com a presença do diretor, premiação de personalidades que trabalham em prol da diversidade sexual e, como apoteose, a caminhada, que será encerrada com o show do cantor Jaloo e da MC Xuxu. O Hornet apoia a parada de Tiradentes e vai estar lá conferindo tudo e trazendo todos os detalhes.

 

Confira o que ainda vai rolar até domingo:

Dia 19, às 18h: Diversas Vozes – palestras com personalidades de diversos segmentos religiosos.

Dia 20, às 18h: Premiação Stronger da Diversidade Sexual. Dez personalidades serão premiadas pela Família Stronger, grupo paulista da comunidade LGBTQIA+ que homenageia pessoas físicas e jurídicas que, durante o ano, se destacaram em ações favoráveis à causa da diversidade sexual.

Dia 22, às 12h30: Início da Parada LGBTQIA+, que sai em frente da Emefm Oswaldo Aranha Bandeira de Mello, localizada na Avenida dos Metalúrgicos, 1.155. Revezam-se nos trios elétricos os DJs Giusti, André Pomba, Kenny Freitas, Lorran Ciriaco e Macinni. Foram convidadas também drag queens, como Tchaka, apresentadora oficial da Parada LGBT de São Paulo.

Dia 22, 19h: Show de encerramento na praça em frente à Casa de Cultura Hip-Hop Leste. O cantor Jaloo abre a programação e, às 20h30, é a vez da funkeira MC Xuxu.

Related Stories

Estudo de vacina preventiva ao HIV busca voluntários no Brasil
Musical "Naked Boys Singing!" segue temporada no Rio de Janeiro
Edição de outubro do Ensaios Perversos traz bate-papo com Doutora Drag, performances e festa virtual
Marshmallow Festival reúne grandes artistas da atualidade no mais novo megaevento LGBTQIA+
Quantcast