Áries

Áries é grito no cu e dedaria: confira Horóscopo Queer da semana

Mercúrio em Áries é a posição do planeta que traz entusiasmo, iniciativa, desejo de mudar o mundo, compromisso com causas e ideias superiores. Bem militante, bem guerreira e batalhadora. Bem aquela gay que saiu do interior do Brasil pra desbravar a cidade grande em busca de aventuras.

Igual quando a gente marca de sair com o Barman24cmATV que conheceu nas Redes Sensuais; a gente entende que o desafio é grande e encara tudo aquilo com determinação, mesmo que chorando. Cuidado com essa energia toda não acabar na primeira contrariedade, Áries é um signo também conhecido por não insistir em situações difíceis.

Chama que ilumina a novidade nos estudos e trabalhos. Cuidado no trânsito, o Deus das Estradas está andando sobre território de Guerra. Campo minado: cuidado com o que você diz, as palavras soam mais ásperas nos domínios do astro bélico.

Já Vênus em Áries é Vênus/Afrodite em Detrimento, ou seja, é Vênus que deixa o espelho e a maquiagem de lado e toma pra si a lança e o escudo do meu homem, Marte/Ares, Deus da Guerra. Vênus em Áries é general e soldado em campo de batalha, Vênus de armadura brilhante, Dama de Vermelho. Vênus em Áries é Joana d’Arc que não mede esforços e se entrega `a guerra por um ideal.

Cuidado com paixões obsessivas e desejos impetuosos, não seja uma B.U.A.D.A – Bicha Uó que Ama Demais Anônima – você não está com a vida ganha e tem mais o que fazer além de pensar em macho. O Desejo e o Desprezo dessa Vênus são violentamente iguais: impensados, apressados, precipitados, imprudentes, arrebatados, explosivos; não deixe que suas emoções te levem do Paraíso ao Inferno em menos de três segundos. Melhor trabalhar a paciência. Vênus em Áries ama intensamente mas não tem saco pra lidar com cotidiano ou vida real.

Mercúrio e Vênus juntos em Áries prometem um período bom pra quem quer ser agente de mudanças na vida e um período de problemas pra quem não sabe o seu lugar no mundo. Você está pronta pra armar um barraco pra transformar sua realidade, amore? Tem horas que fugir da briga é fugir de você mesmo.

Essa semana me lembrou um fragmento do romance Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa:

O correr da vida embrulha tudo.

A vida é assim: esquenta e esfria,

aperta e daí afrouxa,

sossega e depois desinquieta.

O que ela quer da gente é CORAGEM.

Falem com Francisco Hurtz no Instagram e mandem perguntinhas