“A comunidade gay me discrimina” diz homem que só anda de salto alto

“A comunidade gay me discrimina” diz homem que só anda de salto alto

Be first to like this.

Ashley Maxwell-Lam é um homão da porra! Adicionando mais 15 centímetros todos os dias aos seus já 1,82 de altura, o gostoso australiano que mora em Sidney vem ganhando as redes sociais com sua coleção de saltos altos de dar inveja em todos. Sim, homem pode e usa salto, meu bem!

Com seu terno azul elegantíssimo, ele pega transporte público diariamente até seu trabalho de serviços financeiros em um importante banco localizado em um arranha-céu com vista para o porto.

“É feroz. Ninguém espera ver um homem de mais de 1,80 de altura caminhando em estiletes de seis polegadas. Quando eu decidi usá-los no trabalho, eu disse à minha gerente e ela disse: Deixe-me confirmar que está ok. Ela queria ter certeza de que eu não iria entrar em problemas, mas eu respondi: ‘Não estou perguntando, nem pedindo, estou avisando que vou usar saltos”.

Ashley Maxwell-Lam disse que nunca tinha colocado um salto até um ano atrás e que a recepção foi principalmente positiva, mas houve “quem aparentasse desgosto” e há um, talvez surpreendente, grupo que reagiu mal – os homens gays. ““Eu não quero ser uma mulher, eu adoro ser homem. Eu apenas amo o contraste entre o masculino e feminino, isso faz com que as pessoas se questionem quanto aos padrões já pré-estabelecidos”, conta Maxwell.

Em um vídeo produzido pela rede australiana de notícias NEW, ele conta que se sente empoderado por isso, sempre adicionando mais de 15 centímetros à sua altura original, chegando a medir quase 2 metros de altura no alto dos seus sapatos.

A influência veio de uma amiga de trabalho, que lhe disse que os saltos tinham o poder de lhe fazer sentir mais poderosa e confiante. Foi assim que ele foi até uma loja e comprou o seu primeiro par. Atualmente, ele possui nove pares de sapatos.

Conta pra gente, você acha bonito esse homão de salto? Usaria no seu dia a dia? Tem um salto em casa? Deixe um comentário.

Quantcast