Quantcast
Du Kammargo, a Melissa da peça “A Banheira” fala sobre personagens LGBTI nos palcos Celebridades

Du Kammargo, a Melissa da peça “A Banheira” fala sobre personagens LGBTI nos palcos

Written by Marcio Rolim on August 01, 2018
Be first to like this.

Continuando nossa série de entrevistas com atores que fazem personagens LGBTI, trouxemos à luz de nossa lente o ator Du Kammargo, 34 anos, que há 12 anos nos palcos, trabalha com teatro e esteve em cartaz na consagrada e premiada peça “A Banheira”, fazendo a personagem Melissa, uma trans garota de programa que se envolve em uma grande confusão ao acabar indo parar na casa de sua própria irmã que nunca a aceitou sua condição de gênero.

 

LEIA TAMBÉM | Roberto Camargo, do Terça Insana, fala sobre suas personagens LGBTI

 

Hornet: Como você avalia a quantidade de personagens LGBTI na última década no teatro e como os autores inserem essas personagens?

Du Kammargo: A forma como essas personagens eram tratadas era na base da caricatura. Era sempre a travesti muito caracterizada, tudo muito over. Hoje tem tido um crescente a essas personagens, uma naturalidade e uma neutralidade nas personagens. Mas há também um medo de dar a cara a tapa, levar as personagens em contextos mais reais e sofrer negação do público.

Hornet: Praticamente vimos personagens gays contando histórias de gay, nada é normalizado. O que falta para essa normalização do LGBTI na arte cênica.

 

Assista vídeo com Du Kammargo:

Du Kammargo: Acredito que a caricatura vende, não ofende e as pessoas aceitam. Eu vivo uma personagem que é uma travesti, que é humor puro, mas sobretudo é humana, e isso é o que falta nas personagens LGBTI do teatro, explorar a parte humana.

Hornet: Você já fez outros personagens LGBTI no teatro?

Du Kammargo: Sim, vários, mas iniciei meu trabalho no teatro infantil, e veja só, fiz uma adaptação do Mágico de Oz em que o leão é gay. É perceptível na adaptação. Ouvimos muitas críticas negativas, mas houve também muita aceitação.

Hornet: Sobre a Melissa, quando você recebeu o papel, além do humor, você percebeu que ela é um travesti marginalizado, pobre, se prostitui e foi expulsa de casa e que sofre transfobia?

Du Kammargo: Quando eu assisti a peça a primeira vez, eu jamais imaginaria que faria essa personagem um dia. Quando recebi o convite, sim, percebi que ela é tudo isso, que ela tem todo esse histórico. E para a personagem cair no caricato, no ridículo, é uma linha muito fina, tem que ter um cuidado enorme para manter essa parte humana dela. Esse foi meu desafio.

Du Kammargo

Neste momento Du Kammargo não está mais fazendo a Melissa na peça “A Banheira”, mas a peça continua em cartaz e vale muito a pena assistir.

 

Serviço

A Banheira

Sextas e sábados

Local: Teatro Maria Della Costa

Endereço: Rua Paim, 72 – Bela Vista

Telefone: (11) 3256-9115

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文