Du Kammargo
Du Kammargo

Du Kammargo, a Melissa da peça “A Banheira” fala sobre personagens LGBTI nos palcos

Continuando nossa série de entrevistas com atores que fazem personagens LGBTI, trouxemos à luz de nossa lente o ator Du Kammargo, 34 anos, que há 12 anos nos palcos, trabalha com teatro e esteve em cartaz na consagrada e premiada peça “A Banheira”, fazendo a personagem Melissa, uma trans garota de programa que se envolve em uma grande confusão ao acabar indo parar na casa de sua própria irmã que nunca a aceitou sua condição de gênero.

 

LEIA TAMBÉM | Roberto Camargo, do Terça Insana, fala sobre suas personagens LGBTI

 

Hornet: Como você avalia a quantidade de personagens LGBTI na última década no teatro e como os autores inserem essas personagens?

Du Kammargo: A forma como essas personagens eram tratadas era na base da caricatura. Era sempre a travesti muito caracterizada, tudo muito over. Hoje tem tido um crescente a essas personagens, uma naturalidade e uma neutralidade nas personagens. Mas há também um medo de dar a cara a tapa, levar as personagens em contextos mais reais e sofrer negação do público.

Hornet: Praticamente vimos personagens gays contando histórias de gay, nada é normalizado. O que falta para essa normalização do LGBTI na arte cênica.

 

Assista vídeo com Du Kammargo:

Du Kammargo: Acredito que a caricatura vende, não ofende e as pessoas aceitam. Eu vivo uma personagem que é uma travesti, que é humor puro, mas sobretudo é humana, e isso é o que falta nas personagens LGBTI do teatro, explorar a parte humana.

Hornet: Você já fez outros personagens LGBTI no teatro?

Du Kammargo: Sim, vários, mas iniciei meu trabalho no teatro infantil, e veja só, fiz uma adaptação do Mágico de Oz em que o leão é gay. É perceptível na adaptação. Ouvimos muitas críticas negativas, mas houve também muita aceitação.

Hornet: Sobre a Melissa, quando você recebeu o papel, além do humor, você percebeu que ela é um travesti marginalizado, pobre, se prostitui e foi expulsa de casa e que sofre transfobia?

Du Kammargo: Quando eu assisti a peça a primeira vez, eu jamais imaginaria que faria essa personagem um dia. Quando recebi o convite, sim, percebi que ela é tudo isso, que ela tem todo esse histórico. E para a personagem cair no caricato, no ridículo, é uma linha muito fina, tem que ter um cuidado enorme para manter essa parte humana dela. Esse foi meu desafio.

Du Kammargo

Neste momento Du Kammargo não está mais fazendo a Melissa na peça “A Banheira”, mas a peça continua em cartaz e vale muito a pena assistir.

 

Serviço

A Banheira

Sextas e sábados

Local: Teatro Maria Della Costa

Endereço: Rua Paim, 72 – Bela Vista

Telefone: (11) 3256-9115