Universidade de Dublin designa mais de 170 banheiros como uso de gênero neutro

A University College Dublin planeja redesenhar  mais de 170 banheiros como neutros em termos de gênero. Isso faz parte de um esforço para criar um ambiente mais acolhedor para estudantes transgêneros e não binários.

A Universidade também planeja a introdução de um vestiário neutro em seu centro desportivo. Além disso, permitirá que os alunos trans mudem seus nomes em documentos oficiais da universidade sem a necessidade de certificados de reconhecimento de gênero.

Na Irlanda, os certificados de reconhecimento de gênero são requeridos para que o Estado reconheça o gênero de alguém.

“Nossas universidades são potenciais influenciadores da mudança, promotoras da igualdade e defensoras da justiça” disse Katherine Zappone TD, a Ministra da Criança e da Juventude, que lançou a Universidade Identidade de gênero e política de expressões.

“A UCD continua essa tradição orgulhosa, proporcionando um campus acolhedor para estudantes e empregados não-binários e de gênero. Enquanto os membros da nossa comunidade se sentem sozinhos, discriminados ou mesmo temerosos, nossa jornada para a igualdade não acabou. Como um ativista, um professor acadêmico e, como ministro independente, saúdo a liderança da UCD para nos aproximar do objetivo de igualdade total para todos “.

O presidente da University College Dublin, professor Andrew Deeks, disse que “a política afirma e celebra diversos gêneros e expressões de gênero que se refletem em nossa grande equipe multicultural e população estudantil”.

Esperamos que mais universidades consigam enxergar essa possibilidade de rever o gênero não apenas no suo de banheiros, mas no sentido de identificar essas pessoas que e readequá-las em espaços majoritários de uso, trabalho, lazer, crescimento e respeito.