Rio lança campanha contra LGBTfobia e abusos durante o carnaval

A campanha de conscientização conjunta para o carnaval deste ano foi lançada esta semana pelos órgãos de segurança, mobilidade, saúde e direitos humanos dos Governos Estadual e Municipal do Rio de Janeiro e concessionárias de transportes. De acordo com informação da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), o objetivo é conscientizar o folião para ele viva um carnaval seguro respeitando os direitos humanos.

Até o próximo dia 18, temas como racismo, homofobia, abuso contra a mulher e cuidados com as crianças serão debatidos nas redes sociais e apresentados nas tevês dos trens do Metrô, estações da SuperVia e das Barcas, plataformas e ônibus do BRT. Com as hashtags #CarnavalSeguro e #FoliãoConsciente, vídeos informativos começaram a ser espalhados pelas ruas e mídias digitais. Com o tema “Amor Livre #CarnavalSemPreconceitos”, o programa Rio Sem Homofobia levará a mensagem de que todos têm direito de manifestar o seu amor na festa, sem espaço para preconceitos ou discriminações.

A população poderá fazer denúncias de LGBTfobia pelo canal do Disque Cidadania LGBT. Além disso, nos cinco dias de folia, as pessoas podem solicitar assistências psicológica, jurídica e social, além de tirar dúvidas e solicitar informações. O canal, que funciona através do telefone 0800 0234 567, vai operar das 14h às 20h, de sexta-feira, dia 9, à terça-feira de carnaval, dia 13.

Os monitores dos 64 trens do MetrôRio vão exibir mensagens que incentivam o #CarnavalSeguro e as boas práticas para o #FoliãoConsciente, impactando 880 mil passageiros por dia. O MetrôRio vai funcionar por 24 horas durante o carnaval, das 5h do dia 9 de fevereiro até as 23h59 do dia 13. O MetrôRio vai operar também de forma ininterrupta no Sábado das Campeãs (17), desde as 5h do sábado até as 23h do domingo (18).

Qualquer vítima de abuso pode denunciar pelos serviços Disque Denúncia, no número 2253 1177, e pelo Disque Cidadania LGBT no telefone 0800 0234 567, respectivamente. Os serviços funcionarão em regime de plantão durante todo o carnaval. Pode ser usado também o aplicativo Disque Denúncia RJ, para anexação de fotos e vídeos. A Central 190 atenderá denúncias 24 horas. Serão atendidas quaisquer pessoas que passarem por situação de preconceito ou, em casos mais extremos, de violência, onde receberão orientações, podendo chegar inclusive, se houver necessidade, a acompanhar a vítima até a delegacia, em casos mais sérios.

 

Imagem via @hypeness

(Visited 10 times, 1 visits today)