Corpinho de carnaval: desconstrua seu ideal de corpo e se fantasie de autoestima

Corpinho de carnaval: desconstrua seu ideal de corpo e se fantasie de autoestima

Be first to like this.

Corpinho de carnaval é o tema deste vídeo onde Marcio Rolim fala sobre desconstruir seu ideal de corpo, sobretudo a ideia de corpo que você tem. O corpo ideal para tudo é o corpo na forma em que ele se apresenta e nada nele pode impedir você de realizar coisas, como, por exemplo, se divertir no carnaval.

Neste vídeo, o editor do Hornet, maior rede social gay do mundo, narra a história de amigos que se recusaram a sair em bloquinhos, porque não estavam se sentindo bem com o corpo, e ainda, de um amigo que até foi, mas vestindo calça jeans e uma camisa básica. Ou seja, ele não tinha um “Corpinho de carnaval”.

Assista ao vídeo:

Em seu canal Bee40tona, Marcio Rolim conta também sobre como lida com a magreza e como quis usar um arnês, acessório preferido de 9 entre 10 gays, no carnaval, mas acreditava não ter corpo para tal. “Eu vou usar sim, vou ajustar com linha e agulha, mas sou sair nos blocos de arnês”.

“A cultura do corpo perfeito não pode nos impedir de viver os momentos da vida, especialmente no carnaval, quando o corpo está mais exposto. Tente não aumentar as expectativas e focar na diversão com seus amigos”, diz no vídeo.

A mensagem do vídeo “Corpinho de carnaval” e outros vídeos podem ser assistidas também em seu Instagram onde ele narra as histórias de seus seguidores no IGTV.

Como você está com seu corpo? Usa fantasias que expõem suas formas sem medo ou sem receio? Deixe um comentário.

 

Foto da capa: Foto: Izabella Carvalho

Related Stories

Histórias de carnaval: quase morri no bloco das Rouge (vídeo)
Dez dicas sobre como envelhecer sem surtar (Vídeo)
Corpo padrão não dura para sempre. Se prepare pra queda
YouTuber Bee40tona lê e comenta histórias dos seguidores gays em vídeos e viraliza
Quantcast