Daniela Vega Oscar
Daniela Vega Oscar

Daniela Vega é a primeira apresentadora trans da história do Oscar

A atriz chilena Daniela Vega, vencedora da estatueta de Melhor Atriz no Palm Springs International Film Festival e no Fenix Film Award, está prestes a protagonizar um dos principais papeis de sua vida: vai ser a primeira apresentadora trans do Oscar que será realizado no próximo dia 4.

Concorrendo ao Oscar de melhor filme estrangeiro por Uma Mulher Fantástica, ela é a primeira mulher transexual a ser escalada para apresentar uma das premiações. Em meio à polêmica sobre a falta de indicações de negros em 2016, o diretor John Bailey assumiu a presidência da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS) no ano passado com a missão de promover mais espaço à diversidade no evento.

A atriz foi escolhida para ser uma das apresentadoras da cerimônia, tornando-se, assim, a primeira transexual a desempenhar tal função nos 90 anos da entrega do prêmio. No filme em que concorre ao prêmio, Daniela é o destaque principal do filme de seu compatriota Sebastián Lelio, interpretando Marina, garçonete transexual cujo verdadeiro sonho é ser uma cantora de sucesso.

Na manhã desta sexta 16, a Academia divulgou através de sua conta no Twitter, uma lista com os 12 primeiros nomes de personalidades que subirão ao palco do Oscar 2018 para apresentar alguma premiação, atração, homenagem ou afins e nesta lista está o nome de Daniela Vega. Muitos seguidores comemoraram a escolha da atriz no avento.

Parece pouco, mas para uma festa tradicional onde até poucos anos atrizes e atores negros não podiam entrar no teatro onde a cerimônia ocorria para receber um prêmio, ter uma apresentadora trans é um grande passo para a população LGBT no sentido de impulsionar diretores a criarem mais papeis para artistas trans. É a quebra de uma barreira, e principalmente, uma vitória para a atriz que nem é estadunidense.