Quantcast
Deputada evangélica distribui livros LGBTfóbicos para espalhar sua intolerância Escolhas do Editor

Deputada evangélica distribui livros LGBTfóbicos para espalhar sua intolerância

Written by Marcio Rolim on September 20, 2019
Be first to like this.

Deputada evangélica distribui livros LGBTfóbicos incentivada pela ação de Marcelo Crivella, prefeito do Rio e sobrinho do mega-empresário da fé Edir Macedo – proprietário da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) – que chamou a atenção recentemente com sua medida autoritária e preconceituosa de censurar livros com temática LGBT na Bienal do Livro do Rio.

Para além do imenso rechaço popular a essa medida absurda, a censura de Crivella motivou o youtuber Felipe Neto a tomar a decisão de comprar todos os livros com temática LGBT da Bienal, num total de 14 mil exemplares, e distribuí-los gratuitamente para a população antes que fossem tomados pela prefeitura. O youtuber mandou embalá-los em um plástico preto com os dizeres “Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas”.

Deputada evangélica distribui livros LGBTfóbicos
Livro distribuído por Felipe Neto durante a censura de Crivella na Bienal do Rio

Agora, segundo informações do Rede Internacional, mais uma ação em represália à sua medida está sendo feita, dessa vez por uma deputada federal do PSC, Clarissa Tércio. Ela decidiu adquirir dez mil exemplares do livro “Macho Nasce Macho, Fêmea Nasce Fêmea – Desmascarando a Falácia da Ideologia de Gênero”, escrito por Isac Silva.

Ela pretende distribuir esse material preconceituoso e transfóbico em Pernambuco, e declarou: “Já que Felipe Neto distribuiu 10 mil exemplares com livros em que se exalta essa temática, a Ideologia de Gênero, o relacionamento homossexual para enganar as nossas crianças, nós também vamos fazer algo aqui em Pernambuco. Vamos distribuir 10 mil livros por todo o território pernambucano”.

As atitudes dos políticos parecem estar baseadas na vingança infantil em vez de criarem planos objetivos de políticas públicas que beneficiem a população. A deputada claramente não entende nada sobre gênero, nem sobre sexualidade, demonstrando apenas transfobia e intolerância contra a diversidade das pessoas.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文