Em época de Bienal, 3 livros LGBTQIA+ para adicionar à sua estante

Em época de Bienal, 3 livros LGBTQIA+ para adicionar à sua estante

Be first to like this.

Está rolando a Bienal do Livro do Rio 2021. Entre os dias 03 e 12 de dezembro, espera-se que mais de 300 mil pessoas visitem o complexo do Riocentro e conheçam as novidades e eventos realizados por editoras, profissionais da escrita e grandes varejistas do segmento.

Jim Cheung/Reprodução

Na última edição, realizada antes da pandemia, o então prefeito Marcelo Crivella determinou que a história em quadrinhos “Vingadores: a cruzada das crianças” fosse recolhida do evento por conta de uma arte que mostrava dois personagens homens se beijando.

A ação gerou um efeito rebote com protestos de empresas expositoras, da organização e do público que participava da Bienal. No fim, policiais enviados para recolher os exemplares foram vaiados, a HQ se tornou líder de vendas, e o youtuber Felipe Neto comprou e distribuiu gratuitamente mais de 14 mil livros com temática LGBTQIA+.

Para a edição deste ano, e em memória ao ocorrido em 2019, o Hornet recomenda três livros de autores LGBTQIA+ nacionais para você adicionar à sua estante:

Estou malfalado, de Pahby

Imagine as histórias de Bridget Jones vividas por Amy Winehouse? Mas a história de Pablo Rodríguez tem lugares ainda mais particulares para se visitar. Nesta comédia autobiográfica, onde Pablo Rodríguez se vinga de muitas pessoas ao delatar situações com bastante acidez, ele também nos narra, de maneira ousada e bem-humorada, alguns de seus momentos mais traumatizantes. Porém, a mesma criatividade que o ajudou a enxergar cada situação de forma ímpar, é a criatividade que o coloca em dezenas de enrascadas. Ao se descobrir alcoolista, Pablo vive as situações mais surreais! Enquanto sua reputação parece piorar, a vodka o deixa cada vez mais delirante. Estou Malfalado é um livro para gargalhar, para sorrir e se emocionar. E, sem dúvidas, é uma daquelas histórias difíceis de esquecer.
É muito gratificante estar recebendo todo o feedback positivo que estou recebendo. Eu precisava muito falar sobre todos esses temas que são reais para mim, é a minha biografia. Mas queria que fosse através dos olhos dessa criança que sobreviveu. Com cores, com graça, com alegria. As pessoas têm gargalhado com o livro, mas acabam se emocionando.

Meus caminhos: do escuro à luz da superação, de Rafael Oliveira

Durante muitos anos, mantive vários segredos ocultos, os quais me traziam imensa melancolia. Com a certeza da superação desses problemas e dilemas, adquiri a autoconfiança, decidi compartilhar minha experiência e quem sabe ajudar quem esteja passando por fatos similares.
A superação é algo constante, não ocorre do dia para noite, tive imensa necessidade de querer edificar toda minha história, desprender-me da tristeza que me acompanhara por anos.
Ao relatar os motivos principais que ocasionaram minha ansiedade, tento finalizar de forma branda sobre sermos capazes, fortes o bastante para construir um novo futuro.

No esconderijo mais obscuro, minha mente estava abrigada sob total infelicidade e ignorância mediante a minha condição sexual. Após vivenciar muito tempo as crises de ansiedade, resolvi procurar a luz de uma superação, necessária para aprender a superar momentos difíceis e mostrar que devemos nos enaltecer através do amor próprio.

O primeiro beijo de Romeu, de Felipe Cabral

Romeu está prestes a dar o seu primeiro beijo! Entre estantes e mais estantes de livros na biblioteca da escola, o mundo, para ele, começou a adquirir uma velocidade diferente. Ele está quase lá… até que não está mais. Seu quase primeiro beijo escapa antes mesmo de se tornar realidade quando subitamente, à força, é arrancado do armário para o colégio inteiro. Agora, tudo parece correr rápido demais. Mas, para amenizar os obstáculos do mundo lá fora, Romeu tem ao seu lado uma verdadeira rede de apoio na forma de uma trupe implacável, a começar pela sua companheira inseparável, a divertidíssima Julinha, sua melhor amiga, e, claro, seus pais coruja Tim e Samuca. É então que, ainda tentando entender o que aconteceu na escola, outra surpresa desagradável: o livro de seu pai, com lançamento previsto para o dia seguinte na concorrida Bienal do Livro, acaba de ser censurado por ninguém mais, ninguém menos do que o Prefeito da cidade. Respira, Romeu! Em meio a incertezas, descobertas, um sorriso de canto e uma incontestável chamada à luta, esse fim de semana está longe de ser sossegado. E tudo está só começando.

 

Related Stories

Edição de outubro do Ensaios Perversos traz bate-papo com Doutora Drag, performances e festa virtual
A atualização mais recente do Hornet permite que superusuários aproveitem seus fãs e seguidores ao máximo
“Retorno de Saturno” aborda a vida adulta de LGBTs, assista trailer
Extra, extra, extra! O programa Hornet Live Milestones permite que você seja recompensado por suas lives
Quantcast