Vai começar o Festival DIGO, principal janela de exibição LGBTI do centro-oeste

Vai começar o Festival DIGO, principal janela de exibição LGBTI do centro-oeste

Be first to like this.

Vai começar o Festival DIGO, o Festival Internacional de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás, que este ano recebeu quase 550 inscrições de países como o Brasil, EUA, Argentina, Índia, China, Alemanha, França, Itália, Inglaterra, Bélgica, México, Holanda, Canadá, Austrália e Colômbia.  Serão exibidos 36 curtas mais 11 longas entres os dias 23 e 29 de maio no Cinema Lumíere, do Banana Shopping. A entrada é franca!

O Festival DIGO cresceu muito, principalmente, na questão da estreia de longas com abordagem LGBTI. “Nós teremos mais sessões e mais filmes inéditos para os goianos. Nesse ano de 2019, o festival se firma como festival da diversidade sexual e de gênero e como ponto de discussão sobre o assunto. Estamos tendo cada vez mais a oportunidade de formar e educar a população em geral – afinal, o público não precisa ser necessariamente LGBTI para participar”, explica o diretor do DIGO Cristiano Sousa.

Programação

A abertura do festival vai acontecer na quinta-feira, (23/05), a partir das 18h com coffe break no Louge do Cinema Lumíere do Banana Shopping e às 18h30 acontecerá um show com a ícone do transformismo no Brasil, a Lorna Washington. Ela é a grande homenageada do DIGO 2019, pelo seu histórico ligado ao universo LGBTI. Em seguida acontecerá a estreia do docudrama: “Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto”.

Na sexta-feira, (24/05), Dostoiewski fará uma Mostra Especial com bate-papo a partir das 14h, no Lumíere do Banana Shopping. Serão exibidos: “Primaveras” – um documentário que conta a história de duas travestis na terceira idade e “Meninas” também um documentário, só que esse aborda as drag queens mais atuantes na cena gay carioca, no início dos anos 2000.

A Mostra Competitiva Nacional será exibida neste dia, (24/05), a partir das 15h. Logo depois, às 19h será a estreia do documentário: “Lorna Washington: Sobrevivendo a Supostas Perdas” de Rian Córdova & Leonardo Menezes.

No domingo, (26/05), às 13h vai ter a Mostra Internacional. Às 20h45 vai ser a Mostra de Filmes Goianos. São eles: “Sr. Raposo” de Daniel Nolasco; “Me balance Suavemente, Me balance Agora” de Gabriel Newton; “Ela só quer ser Maria” de Victor Vinícius do Carmo; “Prazer, Kamilla” de Douglas Lupo Neto e “Averno” de Nathália Carneiro.  Logo em seguida será apresentado quais são os melhores filmes, em todas as categorias.  A entrada é gratuita para assistir as mostras e conferir de perto os vencedores do DIGO 2019.

Mostra Especial 

O cineasta, ator e escritor francês Antony Hickling apresentará a trilogia de natureza autobiográfica: “Little Gay Boy”, “Where Horses Go To Die” e “Frig”. No sábado, (25/05), às 19h30 “Frig” será apresentado ao público. Trata de um drama experimental, que começa com o fim de um caso de amor. O filme mergulha no universo de Sade em “120 dias de Sodoma”. O último a ser exibido será “Little Gay Boy”, que trata da história de um jovem gay, do seu nascimento até adolescência, experimenta sua sexualidade e limites, até o dia que finalmente conhece o seu pai. A sessão gratuita será na segunda-feira, (27/05), às 20h. O bate-papo com Hickling sobre o filme está previsto para acontecer às 21h15.

 

O evento conta ainda com diversas oficinas, incluindo o sucesso de outras edições “Maquiagem de Drag”. Confira programação completa de oficinas aqui.

 

SERVIÇO:

Festival Internacional de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás – DIGO

Quando: 23 ao dia 29 de maio

Locais: Lumière do Banana Shopping e Teatro Sonhus

Horário: a partir das 13h

Mais informações: (62) 98545-0905 com Cristiano Sousa

Related Stories

Festival Internacional de Cinema da Diversidade de Goiás (DIGO) está com inscrições abertas
Festival Mix Brasil comemora sua 25ª edição com entrada gratuita em toda programação
27° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade vai começar, confira programação
Conheça vencedores do 26º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade
Quantcast