Quantcast
Vai começar o Festival DIGO, principal janela de exibição LGBTI do centro-oeste Arte

Vai começar o Festival DIGO, principal janela de exibição LGBTI do centro-oeste

Written by Marcio Rolim on May 14, 2019

Vai começar o Festival DIGO, o Festival Internacional de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás, que este ano recebeu quase 550 inscrições de países como o Brasil, EUA, Argentina, Índia, China, Alemanha, França, Itália, Inglaterra, Bélgica, México, Holanda, Canadá, Austrália e Colômbia.  Serão exibidos 36 curtas mais 11 longas entres os dias 23 e 29 de maio no Cinema Lumíere, do Banana Shopping. A entrada é franca!

O Festival DIGO cresceu muito, principalmente, na questão da estreia de longas com abordagem LGBTI. “Nós teremos mais sessões e mais filmes inéditos para os goianos. Nesse ano de 2019, o festival se firma como festival da diversidade sexual e de gênero e como ponto de discussão sobre o assunto. Estamos tendo cada vez mais a oportunidade de formar e educar a população em geral – afinal, o público não precisa ser necessariamente LGBTI para participar”, explica o diretor do DIGO Cristiano Sousa.

Festival DIGO

Programação

A abertura do festival vai acontecer na quinta-feira, (23/05), a partir das 18h com coffe break no Louge do Cinema Lumíere do Banana Shopping e às 18h30 acontecerá um show com a ícone do transformismo no Brasil, a Lorna Washington. Ela é a grande homenageada do DIGO 2019, pelo seu histórico ligado ao universo LGBTI. Em seguida acontecerá a estreia do docudrama: “Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto”.

Na sexta-feira, (24/05), Dostoiewski fará uma Mostra Especial com bate-papo a partir das 14h, no Lumíere do Banana Shopping. Serão exibidos: “Primaveras” – um documentário que conta a história de duas travestis na terceira idade e “Meninas” também um documentário, só que esse aborda as drag queens mais atuantes na cena gay carioca, no início dos anos 2000.

A Mostra Competitiva Nacional será exibida neste dia, (24/05), a partir das 15h. Logo depois, às 19h será a estreia do documentário: “Lorna Washington: Sobrevivendo a Supostas Perdas” de Rian Córdova & Leonardo Menezes.

No domingo, (26/05), às 13h vai ter a Mostra Internacional. Às 20h45 vai ser a Mostra de Filmes Goianos. São eles: “Sr. Raposo” de Daniel Nolasco; “Me balance Suavemente, Me balance Agora” de Gabriel Newton; “Ela só quer ser Maria” de Victor Vinícius do Carmo; “Prazer, Kamilla” de Douglas Lupo Neto e “Averno” de Nathália Carneiro.  Logo em seguida será apresentado quais são os melhores filmes, em todas as categorias.  A entrada é gratuita para assistir as mostras e conferir de perto os vencedores do DIGO 2019.

Festival DIGO

Mostra Especial 

O cineasta, ator e escritor francês Antony Hickling apresentará a trilogia de natureza autobiográfica: “Little Gay Boy”, “Where Horses Go To Die” e “Frig”. No sábado, (25/05), às 19h30 “Frig” será apresentado ao público. Trata de um drama experimental, que começa com o fim de um caso de amor. O filme mergulha no universo de Sade em “120 dias de Sodoma”. O último a ser exibido será “Little Gay Boy”, que trata da história de um jovem gay, do seu nascimento até adolescência, experimenta sua sexualidade e limites, até o dia que finalmente conhece o seu pai. A sessão gratuita será na segunda-feira, (27/05), às 20h. O bate-papo com Hickling sobre o filme está previsto para acontecer às 21h15.

 

O evento conta ainda com diversas oficinas, incluindo o sucesso de outras edições “Maquiagem de Drag”. Confira programação completa de oficinas aqui.

 

SERVIÇO:

Festival Internacional de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás – DIGO

Quando: 23 ao dia 29 de maio

Locais: Lumière do Banana Shopping e Teatro Sonhus

Horário: a partir das 13h

Mais informações: (62) 98545-0905 com Cristiano Sousa