Rafael, o #HornetGuy da semana, se levanta contra a discriminação de caras afeminados

This post is also available in: English Español Français ไทย Türkçe

Conheça o #HornetGuy desta semana, Rafael, de 20 anos, um estudante de São Paulo. Ele é muito interessado em política e gosta de socializar pela cidade nos fins de semana, que é também quando ele tem tempo para se conectar com sua família.

“Meu fim de semana perfeito inclui almoçar com minha família”, ele diz, “e à tarde sair para um parque com os amigos. À noite eu vou a festas”. Ele mora com sua mãe e seu cachorro em um apartamento na zona leste.

rafael #hornetguy 3

Rafael se descreve como indiscreto, ou seja, ele é alguém que vive e se expressa autenticamente como uma forma de desafiar aqueles que discriminam os caras mais afeminados. “#FemmeRules!” ele diz.

Rafael descreve sua própria visão política para o Brasil e diz que tem medo. “Eu não estou bem com o status político atual”, diz ele, referindo-se às políticas de divisão ocasional que tornam difícil o Brasil lidar com questões maiores como a economia e o sistema de imigração.

rafael #hornetguy 2

Rafael é usuário de Hornet há cerca de três anos. “Estou procurando por tudo: uma amizade e talvez um encontro”. Ele diz que gosta que no Hornet permite que os caras compartilhem várias fotos, e ele curte decidir com quem vai falar pelos álbuns.

Mais importante, Rafael é um cara super legal. “Por mais que pareça sério, sou uma pessoa que adora ver o bem das outras pessoas”, diz ele.

Uma vez ele conheceu um cara no Hornet que estava lidando com abuso homofóbico em casa. Como eles conseguiram se conectar, Rafael conseguiu ajudar o jovem a sair da casa. “Eu gosto de ajudar as pessoas com qualquer coisa possível”, diz ele.

rafael #hornetguy 2

Quer ser um de nossos #HornetGuy? Basta se cadastrar aqui.

(Visited 86 times, 1 visits today)