SURTO: Bolsonaro faz piada homofóbica no MA: ‘virei boiola, igual maranhense’

SURTO: Bolsonaro faz piada homofóbica no MA: ‘virei boiola, igual maranhense’

Be first to like this.

Jair Bolsonaro (sem partido, sem moral, sem nada) fez uma piada homofóbica (algo de novo?) hoje em sua primeira visita oficial ao Maranhão desde que se elegeu. Saindo da capital São Luís rumo à cidade de Imperatriz (MA), Bolsonaro, ao beber um copo de Guaraná Jesus, bebida típica do Estado, soltou uma pérola por causa da cor do guaraná.

Segundo o UOL, Bolsonaro se aglomerou entre pessoas e sem usar máscara, se divertiu com a cor rosa da bebida. Em seguida, não satisfeito, ele começou a fazer piadas com as pessoas próximas enquanto sua equipe fazia uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

“Agora eu virei boiola. Igual maranhense, é isso?”, disse o presidente entre risos. “Guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná aqui vira maranhense”, emendou depois Bolsonaro, mostrando a bebida.

Mas não parou por aí, o Messias continuou a piada homofóbica desnecessária e insana em um surto inexplicável: “Guaraná cor-de-rosa. Fod…, fod…”, disse. Provocando aglomerações e ignorando as medidas de prevenção ao Covid-19, Bolsonaro participou da inauguração de um trecho da rodovia BR-135.

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julgou como improcedente um processo movido pelo presidente Jair Bolsonaro contra o deputado estadual e ex-ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc (PSB-RJ). Segundo o jornal O Tempo, Bolsonaro pedia danos morais por ter sido chamado de homofóbico machista, anti-ecologia, racista e truculento.

Como acabou sendo muito fácil de Carlos Minc provar através de inúmeras falas e posicionamentos de Bolsonaro, que ele era sim de fato tudo isso, o processo movido foi perdido por Bolsonaro, que agora ainda terá que pagar R$ 10 mil pra cobrir as custas e honorários do processo onde pedia indenização.

Related Stories

Jean Wyllys processa filhos de Bolsonaro por fake news em caso Adélio
Bolsonaro diz que decisão de crime de homofobia dificultará emprego a homossexuais
Bolsonaro declara que não tem nada contra homossexual, mas quer sua casa "em ordem"
‘Sou homofóbico, sim, com muito orgulho’, diz Bolsonaro em vídeo viralizado na web
Quantcast