Jean Wyllys processa filhos de Bolsonaro por fake news em caso Adélio

Jean Wyllys processa filhos de Bolsonaro por fake news em caso Adélio

Be first to like this.

O ex-deputado federal Jean Wyllys processa filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem pertido). Na medida, Jean entrou com um processo judicial nesta quinta-feira (28), contra Carlos Eduardo Bolsonaro, por disseminarem fake news com seu nome. As informações são do jornal Extra.

Conforme à publicação, Jean afirma ter sido alvo de uma campanha difamatória, onde foi associado a Adélio Bispo, autor do atentado contra o presidente na campanha eleitoral de 2018.

Além de Carlos e Eduardo, o escrito Olavo de Carvalho e outras sete pessoas ligadas à base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro também estão sendo processadas. O ativista LGBT pede o pagamento de danos morais que variam entre R$ 20 mil e R$ 100 mil, retratações públicas e a exclusão de publicações em redes sociais.

“As fake news causaram danos terríveis, alguns irreparáveis, à minha vida. Estou em exílio por ameaças de morte em parte estimuladas pelas fake news contra mim. Sempre inferi que elas estivessem diretamente ligadas aos Bolsonaro e seus cúmplices”, disse Jean ao Extra.

A atitude de Jean Wyllys acontece um dia após ser instaurada uma operação da Polícia Federal para averiguar o financiamento de fake news no Brasil, conhecido popularmente como “gabinete do ódio”.

Related Stories

Justiça inocenta Jean Wyllys por ter chamado Bolsonaro de “fascista”, “burro” e “corrupto”
Jean Wyllys é maior alvo de fake news negativas e diz que divulgará lista de quem as publica
David Miranda, gay, casado e pai de dois filhos, assume cadeira de Jean Wyllys
Quantcast