Quantcast
Jovem agredido é obrigado a sair do armário após ser espancado por motorista de ônibus Escolhas do Editor

Jovem agredido é obrigado a sair do armário após ser espancado por motorista de ônibus

Written by Marcio Rolim on September 10, 2019
Be first to like this.

Jovem agredido é obrigado a sair do armário após episódio de espancamento por motorista que dirigia o ônibus em que se encontrava indo para casa. Aos 23 anos, o ator Marcello Santanna só havia contado sobre sua homossexualidade para a família e amigos muito próximos. Mas, neste sábado (7), ele teve de se assumir depois de ser espancado pelo motorista de um microônibus em São Paulo.

Em sua conta no Facebook, Marcello contou que foi vítima de um crime de homofobia. Quando estava com uma prima e um amigo, voltando de uma festa por volta das 6h da manhã do sábado, e disse que o motorista da linha 3736-10 (Jardim Nossa Senhora do Carmo-Metrô Artur Alvim), na zona leste de São Paulo, desferiu vários socos nele. Marcello disse que o amigo lhe deu alguns selinhos, o que enfureceu o motorista.

Jovem agredido
Foto: Facebook

Leia relato de Marcello:

“Estava esperando um momento bonito pra dividir com todos minha orientação sexual. Porém, devido ao fato, achei necessário compartilhar e não esperar mais. Se aceitar é um processo difícil, mas viver certo disso é pior ainda. As pessoas nos julgam por andar de mãos dadas, trocar carícias em público ou pelo simples fato de querer direitos iguais como todo mundo. Somos o país que mais mata LGBT e esse fato só me faz pensar em uma coisa: eu tô aqui vivo pra contar, e quantos outros que não puderam ter a chance de contar?”,

O caso foi registrado por ele e seu advogado no 53° DP, do Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo. O delegado Guilherme Leonel é quem responde pela investigação. A empresa Pêssego Transportes, responsável pela linha de ônibus, disse ao BuzzFeed News que já entrou em contato com a polícia e que colocou uma psicóloga da firma à disposição de Marcello. Ainda não foi tomada nenhuma providência em relação ao motorista, segundo a empresa, porque os fatos ainda serão apurados.

Uma prima jovem agredido e o rapaz que estava com ele prestaram depoimento ainda nesta segunda-feira (9) na delegacia. De acordo com o delegado Guilherme, o crime está sendo investigado como lesão corporal. O motorista, cujo nome está sendo mantido em sigilo pelos policiais, já prestou depoimento e confirmou a agressão.

Ele disse à polícia que teria sido provocado por Marcello e seu amigo, que o teriam xingado. Afirmou ainda, de acordo com o delegado, que os jovens estariam provocando os demais passageiros.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文