Kama Sutra gay
Kama Sutra gay

Veja versão carioca do Kama Sutra gay para ensaio da festa KIKI (NSFW)

“Quebra louça”, “tesourada” e “caranguejo javanês” são algumas das posições sexuais que propõe a festa KIKI para o Kama Sutra gay. Com um ensaio fotográfico inspirado no livro indiano, a festa carioca apresentará, até o dia 22/06, dia da décima quarta edição da festa, mais de dez posições no insta kiki festa.

Apostando no tema “corpos potentes em conexão” para a edição de junho, a KIKI convidou os bailarinos Uatila Coutinho, do Balé da Cidade de São Paulo, e Natanael Nogueira, da Cia de Dança Deborah Colker, para protagonizar um pas de deux de criatividade sexual. “A ideia é divertir o público e ao mesmo tempo demostrar que também é possível para o público gay um Kama Sutra, muito comum na cultura sexual hetero”, explica Vini Soares, um dos realizadores da festa.

Explorando a flexibilidade de seus corpos, os bailarinos aproveitaram seus repertórios de movimentos para apresentar posições possíveis e (quase) impossíveis. “É muito natural para nós bailarinos esse contato, essa fisicalidade. Nossa educação corporal impacta na qualidade do sexo e torna tudo mais gostoso”, detalha Uátila, que já era amigo de Natanael.

Confira fotos do Kama Sutra versão carioca

A festa KIKI acontece todo mês no club Flórida, no centro do Rio de janeiro, com um som eletrônico que passeia entre o eletropop e o tribal house. Além disso, a festa conta com performances e uma hotzone no piso superior da boate.

Serviço

KIKI | Uma festa para relaxar seus nervos

22 de junho, na Boate Florida

Praça Mauá, 09, Centro, Rio de Janeiro

Ingressos: Entrada grátis até às 00h (para os 30 primeiros) e R$ 30,00 até 1h e R$ 40,00 depois das 1h. Antecipados no sympla: lotes a R$ 10,00, R$ 20,00 e R$ 30,00