Quantcast
Marido de prefeito sofre homofobia ao usar camisa do Corinthians nas redes sociais Escolhas do Editor

Marido de prefeito sofre homofobia ao usar camisa do Corinthians nas redes sociais

Written by Marcio Rolim on September 26, 2019
Be first to like this.

Marido de prefeito sofre homofobia em suas redes sociais após postar foto com camisa de seu time, o Corinthians. O modelo Max Souza, casado com o prefeito Edgar de Souza, da cidade de Lins, interior de São Paulo, sofreu ataques homofóbicos nesta semana, após compartilhar no Instagram uma foto usando a camisa do Corinthians.

View this post on Instagram

Boa noite galera! Vamos falar de papo sério. Quem me conhece sabe que eu curto muito futebol, sou corintiano e o meu programa toda quarta feira à noite é assistir futebol. 😁 acredito muito que o esporte tem o poder de transformar a vida das pessoas, a cada dia abrindo os jornais temos acompanhado varios comportamentos lamentáveis não só no Brasil, mas no mundo. Gritos preconceitos, assim como gestos homofóbicos, e recentemente aconteceu mais um caso no Brasil no Allianz parque, estádio do palmeiras aonde um casal gay foi hostilizado e retirado das arquibancadas sob gritos de ódio. Infelizmente em pleno século 21 ainda temos que conviver com esse tipo de comportamento. Vamos praticar mais o RESPEITO, pois essa palavra se enquadra em qualquer meio na sociedade, não podemos achar que isso é normal. Outro dia ouvi um comentário de que está acabando o futebol raiz! Futebol raiz é chamar o outro time de bicha? Como acontece em alguns estádios? Não! há inúmeras formas de ir ao estádio torcer pelo seu time e se divertir sem agredir o outro com gritos homofóbicos. Mais respeito por favor! ✊🏽 #respeito #igualdade #homofobianao #futebolsempreconceito

A post shared by Max Souza 🇧🇷 (@maxsouza92) on

Surpreendido pelos comentários preconceituosos, Max editou a legenda da foto e comentou, de forma indignada, pelo que passou. “Infelizmente em pleno século 21 ainda temos que conviver com esse tipo de comportamento. Vamos praticar mais o RESPEITO, pois essa palavra se enquadra em qualquer meio na sociedade, não podemos achar que isso é normal”.

LEIA TAMBÉM: Atos homofóbicos durante jogos podem custar três pontos para o clube

Ainda em sua publicação que não foi apagada, o modelo, que disputa o Mr. Universo podendo ser o primeiro modelo negro a ganhar o título, comentou sua paixão pelo futebol: “Quem me conhece sabe que eu curto muito futebol, sou corintiano e o meu programa toda quarta-feira à noite é assistir futebol. Acredito muito que o esporte tem o poder de transformar a vida das pessoas”.

Entre as mensagens negativas, teve seguidores que o chamaram de “bambi” e que ele não merecia vestir a camisa. Outros seguidores aplaudiram a mensagem. “Muito linda suas palavras, parabéns”, disse um internauta. “Belíssimo”, elogiou outro.

Nas últimas semanas notícias envolvendo LGBTfobia nos estádios têm crescido na mídia. Como forma de reverter os casos, o Esporte Clube Bahia lançou uma campanha exaltando a presença de pessoas LGBTs em sua torcida. Para isso bandeiras de arco-íris foram colocadas no campo.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文