Masculinidade tradicional prejudica homens desde a infância, diz Associação de Psicologia

Masculinidade tradicional prejudica homens desde a infância, diz Associação de Psicologia

Be first to like this.

This post is also available in: English Français Русский ไทย Українська

Masculinidade tradicional prejudica homens, é o que diz pesquisa da APA. E masculinidade pode não ser a coisa mais fácil de definir, mas a Associação Americana de Psicologia (APA) – que é a maior organização científica e profissional de psicólogos dos Estados Unidos – alerta que “masculinidade tradicional” em meninos é prejudicial na transição de sua vida adulta psicológica, bem como para a sociedade em geral.

Meses atrás, a APA lançou um documento de 36 páginas chamado “Guia APA para práticas de psicologia para meninos e homens adultos”. O documento elenca a discussão sobre masculinidade da Revista especializada Monitor on Psychology.

Você pode conhecer “masculinidade tradicional” pelo termo mais comum “masculinidade tóxica” – basicamente a ideia de que meninos e homens devem reprimir suas emoções, devem se opor à feminilidade, nunca devem parecer fracos e devem tentar parecer aventureiros, arriscados e talvez até violento quando “exigido”.

A APA descobriu que essa “masculinidade tradicional” na verdade limita o desenvolvimento psicológico dos homens, leva a conflitos e pode até “influenciar negativamente a saúde mental e a saúde física”.

Essa “masculinidade tradicional” (ou “masculinidade tóxica”) pode estar ligada a meninos e homens mais agressivos, misoginia e homofobia. Especificamente, essas noções de masculinidade “podem influenciar os meninos a direcionar grande parte de sua energia a comportamentos perturbadores, como bullying, provocação homossexual e assédio sexual, em vez de atividades acadêmicas e extracurriculares saudáveis”.

Isso, é claro, resulta em sérias consequências para todos. Basta olhar para essas estatísticas assustadoras sobre os homens: eles são quatro vezes mais propensos que as mulheres a morrerem de suicídio (que é uma estatística mundial); os homens são muito mais propensos do que as mulheres a serem presos e acusados de violência doméstica; e os homens cometem cerca de 90% de todos os homicídios (uma estatística dos EUA).

O que você entendo por masculinidade tóxica? Queremos ouvir sua opinião.

Related Stories

Um quarto dos britânicos não acredita na masculinidade tóxica
Um Novo Estudo Revela que Homens Inseguros Usam Piadas Sexistas e Homofóbicas para Parecerem Mais Másculos
Homem trans aparece em e anúncio de marca de barbear
Homens com HIV tem 2 vezes mais prevalência de fragilidade muscular e óssea, diz estudo
Quantcast