Motorista arrasta homem gay
Motorista arrasta homem gay

Motorista arrasta homem gay pela rua após abraçar seu marido dentro de táxi

Motorista arrasta homem gay pela rua após ele ter abraçado seu marido durante a corrida que faziam. O prestador de serviço do aplicativo de táxi Uber recebeu os passageiros Taray Carey e seu marido, Alex Majkowski, ambos de Cleveland, em Ohio nos Estados Unidos, mas durante a corrida foram chamados de “faggots” (uma maneira pejorativa de se referir a gays, como “viadinhos” extremamente ofensivo em inglês) pelo motorista quando se abraçaram durante a corrida.

Segundo o portal de notícias “Attitude”, Carey disse que logo perguntou ao motorista: “Qual seu problema?”, e no mesmo instante o motorista respondeu agressivamente que em seu país de origem, os dois estariam mortos.

Motorista arrasta homem gay

No instante em que o motorista parou o carro em um farol vermelho, os dois passageiros abriram a porta e tentaram sair do carro. Mas o que não esperavam é que o sinal ficasse verde imediatamente e o motorista não hesitou em acelerar o carro e simplesmente arrastou Carey pela rua.

“Ele pisou no acelerador e me arrastou meio quarteirão pela East 4th Street”, disse à vítima – que ficou com vários machucados e arranhões pelo corpo, inclusive uma grave ferida no joelho. Seu marido implorava ao motorista para parar o carro e deixá-los sair. Pouco depois ele parou o carro e ambos deixaram o local traumatizados.

O casal imediatamente chamou a polícia ao local e dizem que se recusaram a registrar o crime como caso de ódio. Carey teve seus U$ 17,46 gastos com sua viagem reembolsados pelo Uber que afirmou estar investigando a queixa.

Casos de crime como estes são frequentes no mundo todo. Você já sofreu algum tipo de ataque de motorista de táxi? Deixe um comentário.