namoradas
namoradas

Namoradas são encontradas mortas no mesmo local em dias diferentes

Um possível caso de feminicídio e lesbofobia chocou a população LGBTI e permanece sem resposta e sem suspeitos. Duas jovens namoradas foram encontradas mortas dentro da mesma casa, em um intervalo de uma semana, em Juquiá, cidade localizada na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo.

A reportagem do G1 apurou que as dumas moças já mantinham um relacionamento estável de pelo menos 6 anos e de acordo com informações da Polícia Civil, Nagela Jaze, de 25 anos, foi encontrada morta no dia 26 de junho. A jovem estava sozinha e com um lenço preso ao pescoço. Ela morava com a namorada Roberta Dobroka, e as duas filhas dela. Após a morte de Nagela, Roberta chegou a fazer um post bastante emocionada em suas redes sociais.

namoradas

Ainda segundo a polícia, na tarde da última segunda-feira (2), quase uma semana após a morte de Nagela, Roberta foi achada morta dentro da mesma casa. De acordo com testemunhas, ela estava com o fio de um aparelho eletrônico também enrolado ao pescoço. A jovem deixou duas filhas, que estão sob cuidados de parentes.

A irmã de Patrícia alegou que tanto ela quanto Nágela estavam afastadas dos empregos por conta de um quadro depressivo. “Minha irmã não aguentou a perda da Nágela, daí juntou tudo. Fizemos de tudo pela minha irmã, e ela esteve sempre junto com a gente”, conta, o que reforça para a polícia a hipótese de suicídio.

A polícia civil informou que foi instaurado um inquérito para investigar a morte das duas jovens na Delegacia Sede de Juquiá. Segundo apurado pelo G1, várias linhas de investigação estão tentando desvendar a morte misteriosa das jovens. A hipótese de homicídio, assim como a de suicídio, não foi descartada. Por enquanto, ninguém foi preso.

(Visited 34 times, 1 visits today)