Novo perfume
Novo perfume

Novo perfume de Britney Spears beneficiará comunidade LGBTI

This post is also available in: English

Uma parte dos lucros do novo perfume de Britney Spears beneficiará a comunidade LGBTI, a cantora de “Gimme More” se apresentou no Brighton Pride.

“Estou ansiosa para celebrar o amor e a igualdade no @PrideBrighton amanhã” Spears twittou antes do show. “Para ajudar a iniciar a celebração, há uma edição especial do #Pride of Fantasy disponível agora nas lojas @superdrug no Reino Unido!”

A fragrância é na verdade uma edição especial do perfume “Pride” de Britney Spears da linha Fantasy, com embalagem de arco-íris e um preço de cerca de RS$ 200). Dessa quantia, cerca de US$ 1,30 irá para GLAAD, que luta contra a discriminação anti-LGBT na mídia.

Em comparação, o perfume regular da Fantasy está à venda na popular rede de drogarias Superdrug por apenas US$ 23.

Muitos fãs ficaram extasiados com a nova fragrância e o apoio de Britney à comunidade LGBTI.

Mas outros não… e as críticas sobre a quantidade doada surgiram logo imediatamente como no tweet abaixo…

Outras pessoas nem ligaram, queriam mesmo é saber se vai ter música nova…

No início deste ano, Spears recebeu o Prêmio Vanguard da GLAAD, homenageando celebridades que promovem a representação e inclusão LGBTI. Em seu pronunciamento, a cantora pop de 36 anos disse que “ser aceito incondicionalmente e ser capaz de se expressar como indivíduo através da arte é uma bênção”.

Britney Spears Perfume
Britney received GLAAD’s Vanguard Award in April.

“Eventos como este, o que estamos assistindo aqui esta noite, mostram ao mundo que não estamos sozinhos”, acrescentou. “Todos podemos juntar as mãos aqui e saber que somos todos lindos, e podemos nos erguer e mostrar nossa luta sem hesitação.”

Spears, que está fazendo sua turnê Piece of Me, acrescentou que ser mãe “me mostrou o que significa amar incondicionalmente e todos vocês nesta sala me mostraram ao longo da minha carreira o que significa ser amado incondicionalmente”.

Houve uma controvérsia em relação à sua aparição no Brighton Pride: os fãs que compraram ingressos em sites de revenda como o StubHub correram o risco de serem rejeitados devido à rígida política de “sem revenda, sem reembolso” do evento.

Você acha que atitudes como essa realmente são benefícios para a causa ou é apenas mais um artista se aproveitando de nosso dinheiro?