Pai defende filho gay que saiu em passeata contra Bolsonaro e viraliza na web

Pai defende filho gay que saiu em passeata contra Bolsonaro e viraliza na web

Be first to like this.

Pai defende filho gay que protestou em passeata junto de sua mãe contra o candidato homofóbico Bolsonaro e causa comoção na web. Fábio Pereira, de 42 anos, é um advogado e professor universitário do Rio de Janeiro. No sábado (29/09), sua esposa e filho viraram assunto na internet ao participarem da passeata do movimento #EleNão.

Rafael Pereira, de 15 anos, escreveu “viado” em sua testa, com o apoio expresso da mãe, Talita Menezes que escreveu “mãe de viado”. As reações foram diversas, do acolhimento às críticas. A polêmica motivou um post de Fábio em seu perfil pessoal no Facebook, que até o momento já conta com quase 200.000 curtidas.

Em entrevista ao #VirouViral da Revista Veja, Fábio afirma que Rafael assumiu sua homossexualidade para a família aos 11 anos. “Nós nunca quisemos que ele mudasse quem é. A gente tinha apenas receio de que fosse cedo demais para ele se auto afirmar, mas o Rafael sempre teve muita liberdade para se colocar. Nos relacionamos por critérios pessoais com as pessoas, com quem elas namoram não importa”, diz.

“Olhe para a cara do seu filho e perceba que é uma pessoa tão frágil quanto aquele bebê que você carregou no colo. É a mesma pessoa. O filho não é sua propriedade, a gente os cria para o mundo. O diferente faz parte da condição humana, e isso faz parte da nossa graça”, diz ele.

Com relação aos comentários negativos, o advogado diz que tenta se proteger: “Nós temos algumas mensagens de ódio ‘printadas’ e guardadas, estamos pensando se vamos fazer delas um caso na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. Pedimos aos nossos familiares e amigos para não responder a essas pessoas negativas. Estou excluindo todas as mensagens ruins que alcanço, apesar de não conseguir mais, graças ao alcance que a postagem teve”.

 

Leia na íntegra o desabafo do pai:

Estamos recebendo inúmeras notificações sobre a foto na manifestação de ontem no Centro do RJ, em que a minha esposa e…

Posted by Fabio Pereira on Sunday, September 30, 2018

Related Stories

Ator do Power Ranger azul conta como sobreviveu à “cura-gay” e homofobia nas gravações
Casal gay poderá levar 100 chicotadas por “orientação sexual ilegal” na Indonésia
Juiz consegue suavizar pena para mulheres transexuais que espancaram transfóbico
(Vídeo) Professor sofre ataque homofóbico por defender mulher de racismo
Quantcast