Quantcast
Pesquisa pergunta aos LGBTIs de todo o mundo: “Quão feliz você é?” Escolhas do Editor

Pesquisa pergunta aos LGBTIs de todo o mundo: “Quão feliz você é?”

Written by Sean Howell on May 08, 2019
Be first to like this.

This post is also available in: English Español Français ไทย 繁體中文

Pesquisa pergunta sobre felicidade e qualidade de vida, são essenciais para o bem-estar das pessoas. No entanto, em muitos países, essa qualidade de vida nas pessoas LGBT está seriamente comprometida devido ao estigma, discriminação, violência e até mesmo a criminalização que esses indivíduos enfrentam. O estresse mental afeta nossa saúde, bem-estar e prosperidade. A recém-lançada pesquisa LGBT Happiness Study procura medir isso. (Participe na pesquisa clicando aqui.)

Uma pesquisa global sobre felicidade, sexo e qualidade de vida entre pessoas LGBT, a LGBT Happiness Study é um importante estudo global que visa dar voz à nossa comunidade. Demora cerca de 12 minutos para ser concluído e é uma ótima oportunidade para as pessoas LGBT serem ouvidas. Sua participação pode ajudar a fazer a diferença para nossa comunidade ao redor do mundo.

Pessoas LGBT enfrentam desigualdades em saúde e padrões de vida, e – por causa da homofobia – frequentemente enfrentamos discriminação adicional na educação, no trabalho e em uma variedade de formas institucionais, governamentais e sociais nos níveis de abuso e os encargos daqueles desempenham no nosso bem-estar geral. O LGBT Happiness Study mede essa variação em muitas variáveis.

Pesquisa pergunta
FG Trade / Getty Images

Na Africa, Ásia e América Latina, evidências sobre o quanto o estigma, a discriminação e as desigualdades sociais e econômicas afetam a qualidade de vida das pessoas LGBTI são muito escassas, e essa é uma das razões pelas quais esse estudo é tão importante.

Esta pesquisa é a primeira deste tipo e foi desenvolvida sob uma parceria liderada pelo LGBT Foundation, o United Nations (UNAIDS), as universidades Aix-Marseille e Minnesota, bem como parceiros da comunidade LGBT, como a Escola de Saúde Pública Johns Hopkins e a Organização Mundial da Saúde.

“Queremos mergulhar no que compõe a vida real da comunidade LGBTI em diferentes partes do mundo”, diz Erik Lamontagne, Senior Economist da UNAIDS.

Pesquisa pergunta
William Andrew / Getty Images

A Fundação LGBT está liderando o caminho para promover a pesquisa em pelo menos 18 idiomas. A pesquisa cobrirá as experiências vividas de pessoas LGBT em uma ampla gama de países e de diversas culturas, incluindo Arábico, Bengali, Chinês, Inglês, Farsi, Francês, Gujarati, Hindi, Japonês, Marathi, Português, Russo, Espanhol, Tailandês, Turco, Ucraniano, e Urdu.

“Examinar a felicidade LGBT e muitas vezes a falta dela é fundamental para eliminar as disparidades, inclusive na saúde e na relação entre condições subjacentes e escolhas individuais. Os avanços no bem-estar LGBT em todo o mundo não são iguais nem permanentes. Para melhorar a saúde, precisamos nos concentrar em abordar as condições em geral enfrentadas pelas pessoas LGBT “, diz Sean Howell, CEO do LGBT Foundation.

O Estudo de Felicidade LGBT está oficialmente aberto para participação. Demora cerca de 12 minutos para ser concluído. Sua participação realmente ajudará a fazer a diferença.

Clique e participe da pesquisa LGBT Happiness Study aqui.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文