Prefeitura cancela réveillon na Paulista, em SP, devido à pandemia de coronavírus

Prefeitura cancela réveillon na Paulista, em SP, devido à pandemia de coronavírus

Be first to like this.

Prefeitura cancela réveillon tradicional na avenida Paulista, no centro de São Paulo por conta da pandemia do novo coronavírus. Segundo o G1, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou na última sexta-feira (17) que a festa não será realizada na virada para 2021 para diminuir o risco ainda alto de transmissão da doença em aglomerações.

“Hoje, a gente anuncia que nós também não teremos o réveillon na Paulista nessa virada de ano de 2020 para 2021. Tanto a prefeitura quanto o governo do estado de São Paulo, os técnicos da vigilância sanitária e do governo do Estado entendem que organizar um evento para um milhão de pessoas na Avenida Paulista para dezembro deste ano é temerário”, disse Covas durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Zona Sul de São Paulo.

Covas ressaltou que, apesar das perdas econômicas para a cidade, o importante é a manutenção da saúde da população: “A área da saúde foi preponderante para que a gente tomasse essa decisão. Não há nenhuma possibilidade de se pensar nesse momento numa festa que reúne 1 milhão de pessoas. Claro que o réveillon na Paulista ajuda o setor de turismo, mas é um evento muito mais para os paulistanos do que para os turistas”, afirmou ele.

O coordenador do Centro de Contingência do estado de São Paulo contra o coronavírus, Paulo Menezes, afirmou que a decisão vai ajudar a salvar vidas: “Não é momento para pensar nisso. O Centro de Contingência fica mais tranquilo. Vamos evitar muitas mortes dessa forma, salvando vidas”, argumentou.

Na última quarta-feira (15), o governador João Doria já tinha mencionado que megaeventos como réveillon e carnaval não deverão ser celebrados diante da pandemia do coronavírus, sem a criação da vacina contra a Covid-19.

“É a maior tragédia da história desse país em qualquer tempo. Não há nada a celebrar, não há nada a comemorar. E muita atenção àqueles que diante de um quadro como esse ainda querem fazer atividades festividades de Ano Novo ou de carnaval. Nós não temos que celebrar nem Ano Novo, nem carnaval diante de uma pandemia.

Essa é a primeira vez que a Prefeitura cancela réveillon na Paulista: “Apenas com a vacina pronta e aplicada, e a imunização feita, é que podemos ter celebrações que fazem parte do calendário do país, mas neste momento, não”, afirmou Doria, na ocasião.

Sobre o carnaval de 2021, o prefeito Bruno Covas também disse nesta sexta-feira que a Prefeitura de SP está dialogando com as escolas de samba para definir uma nova data para a realização do carnaval no próximo ano.

Related Stories

Prefeitura de São Paulo fecha Centro de acolhimento a LGBTs
Pinacoteca do Estado de São Paulo contrata seis pessoas trans para seu quadro
Coletiva de imprensa da Parada LGBT de SP recebe prefeito e apresenta oficialmente tema e programação
Programa Municipal de DST/AIDS fará testagem rápida de HIV durante campeonato de futebol LGBT
Quantcast