Rapper Milan Christopher ajuda homens gays negros a acessar a PrEP

This post is also available in: English Español Français ไทย

Milan Christopher — o modelo, músico e ex-estrela do VH1, de 34 anos, abertamente gay, tem encontrado seu ativismo LGBTI desde o passado quando se referiu ao bullying e suicídio juvenil gay em sua música “When I Go” e normalizando o corpo masculino em seu ensaio do nu masculino para a Paper Magazine. Mas agora ele está ajudando a educar jovens negros sobre a PrEP como modelo para o Centro LGBTI de Los Angeles em sua nova campanha “PrEP’d AF”.

“De acordo com um estudo da AIDS Project Los Angeles (APLA) Health, os que correm mais risco de novas infecções pelo HIV – jovens gays e bissexuais negros são os menos propensos a saber sobre a PrEP,” diz o L.A. LGBT Center.

O estudo da APLA também descobriu que menos de 10% dos jovens latinos e negros usam a PrEP. E mesmo entre aqueles que sabem sobre isso, ainda há muito estigma sobre o uso, bem como equívocos sobre sua segurança e eficácia.

Assim, o L.A. LGBTI Center recrutou Christopher como o rosto de sua nova campanha PeEP’d AF, uma campanha que incentiva a comunidade a ser o mais preparada possível ao cuidar de sua saúde sexual.

“Nas comunidades negras, há tanto estigma em relação ao sexo, ao ser gay e ao HIV que as pessoas têm medo de falar sobre a PrEP – e muitas outras nem sabem disso”, diz Christopher, um usuário da PrEP.

“Tenho orgulho de fazer parte dessa campanha porque quero que a PrEP seja algo que possamos conversar abertamente, para que possamos impedir a disseminação do HIV e salvar vidas”.

A shot of Milan Christopher from the PrEP’d AF campaign

A campanha AF PeEP’d inclui um site, prephere.org, onde as pessoas podem fazer um pequeno teste para avaliar seu risco pessoal de contrair o HIV, esclarecer conceitos errôneos comuns sobre a PrEP e até mesmo reservar uma consulta gratuita para obter uma receita da PrEP.

A PrEP agora está disponível pela maioria dos planos de saúde, diz o Centro. E para aqueles que não têm plano, o Centro pode ajudar a torná-lo acessível através de programas de assistência ao paciente.

A campanha PrEP’d AF reforça o trabalho de Christopher como um modelo para a comunidade LGBTI, incluindo os milhões de homens negros gays que podem não estar confortáveis com a sua sexualidade, algo que ele mencionou durante sua entrevista para a revista Paper.

No passado, Christopher apareceu no The New York Times, no The LA Times (duas vezes) e nos talk shows de Ellen DeGeneres e Wendy Williams, além de vídeos para Kanye West e o Game. Ele também foi o modelo da capa  na segunda edição da revista gay Daddy Issues.

Conhece o trabalho de Christopher Milan? Deixe um comentário.