Primeira igreja evangélica LGBT de Salvador ganha sede após três anos de atuação: ‘Deus ama todos’, diz fundador

Primeira igreja evangélica LGBT de Salvador ganha sede após três anos de atuação: ‘Deus ama todos’, diz fundador

Be first to like this.

Primeira igreja evangélica LGBT de Salvador, a Igreja Cristã Contemporânea, chegou a Salvador em 2016 com o objetivo de apresentar ao soteropolitano a pregação evangélica inclusiva. Após 3 anos de atuação na região, ganha sua sede. Representantes da igreja se reuniram com os fiéis em espaços para festas alugados para os encontros. No último sábado (4), a denominação inaugurou sede na Avenida Bonocô – a primeira no Nordeste do Brasil.

Segundo o G1, além da Bahia, a Igreja Cristã Contemporânea atua em outros 4 estados. São 7 igrejas no Rio de Janeiro, 2 em São Paulo, 2 em Minas Gerais e 1 no Espírito Santo. Mais nova entre elas, a sede em Salvador representa uma realização para o fundador da denominação, pastor Marcos Gladstone.

“A gente chegou em Salvador para dizer que Deus ama todos, que ninguém vai ficar de fora do reino de Deus. Todos são bem-vindos”

Segundo o pastor, os três anos na cidade foram essenciais para apresentar os dogmas da igreja aos fiéis, que, em sua maioria, chegaram na busca da conciliação entre a orientação sexual e a religião, para alcançar o bem-estar.

“Nós somos uma igreja cristã, evangélica, por isso, temos todos os dogmas. A diferença é que a gente acolhe todas as pessoas, sem preconceito”

Foi dessa forma que a igreja surgiu, 13 anos atrás, no Rio de Janeiro. O pastor, que é homossexual, conta que, na época, deixou a denominação que frequentava por ser descriminado pela orientação sexual.

“A resposta que minha igreja me dava é de que não era possível, que era errado. Aquilo me trouxe muita perturbação. Me questionava: ‘O que vou fazer da minha vida agora?”.

Fiéis durante culto. Foto G1

“Então, eu arrumei uma namorada e noivei. Mas, perto de casar, fiz uma viagem e voltei decidido a me assumir e me aceitar. Faria muita gente sofrer com a mentira”. Os cultos públicos da primeira igreja evangélica LGBT em Salvador ocorrem aos domingos, às 10h. “A gente quer que pessoas que se entendem como cristãos sejam bem recebidas. A gente não diz que estamos certos e eles são errados. Não falamos mal de nenhuma denominação ou religião”.

Foto de capa: divulgação G1

Related Stories

Doc sobre história da luta livre LGBT ganha trailer, assista
Casal gay poderá levar 100 chicotadas por “orientação sexual ilegal” na Indonésia
Juiz consegue suavizar pena para mulheres transexuais que espancaram transfóbico
Jogador de futebol Yann Songoo é expulso após xingamento homofóbico a rival
Quantcast