Quantcast
Queermuseu promove financiamento coletivo para ser reaberto no Rio Arte

Queermuseu promove financiamento coletivo para ser reaberto no Rio

Written by Marcio Rolim on January 31, 2018
Be first to like this.

A exposição Queermuseu foi criada como uma plataforma de diálogo e debate sobre a diferença na arte brasileira. E foi justamente a intolerância com a diferença que levou ao fechamento da exposição e à autoritária interrupção desse diálogo. A censura se torna ainda mais grave quando parte do prefeito de uma das cidades mais diversas do mundo.

Reabrir Queermuseu é reparar em parte o dano causado ao patrimônio cultural e artístico brasileiro, ocasionado pelo seu fechamento precoce e autoritário e o processo difamatório associado. A reabertura da exposição é também um ato político contra a censura e em favor da liberdade de expressão.

Para realizar a exposição, foi criada esta campanha de financiamento coletivo, que, por si só, é uma ferramenta de diálogo e legitimidade do projeto. A campanha avança pela força da sociedade. Ela é o instrumento democrático que possibilitará o acesso a liberdade de escolha.

Mesmo que você não possa ou não tenha interesse específico em ver a exposição, contribuir para a reabertura de Queermuseu é participar de um momento histórico de mobilização da sociedade contra a censura.

 

LEIA TAMBÉM | Santander é condenado a reabrir Queermuseu

 

Ao contribuir com o projeto, seu nome estará no novo catálogo da exposição e em sua história para que as futuras gerações se lembrem de quando a população brasileira se uniu contra a difamação e o falso moralismo de uma campanha fundamentada em uma sociedade patriarcal e heteronormativa em prol da arte e da liberdade criativa.

A exposição virá acompanhada de uma extensa plataforma de debates sobre um conjunto de questões variadas e amplas de grande interesse da sociedade e que não envolvem exclusivamente questões artísticas.

O engajamento do público no processo de financiamento desta exposição é, portanto, a expressão mais forte de sua legitimidade. A campanha é tudo ou nada. Se a meta for alcançada dentro do prazo, a exposição acontecerá no Parque Lage, na zona sul do Rio do Janeiro. Caso contrário, todo o dinheiro será devolvido aos apoiadores e a mostra continua fechada.

Para contribuir, clique no link e conheça as recompensas.

Read more stories by just signing up

or Download the App to read the latest stories

Already a member? Log in
Português
  • English
  • Français
  • Español
  • ไทย
  • 繁體中文