Romance “Armário Vazio Não Para em Pé” traz narrativa baseada em closes, corres e fatos verídicos

Romance “Armário Vazio Não Para em Pé” traz narrativa baseada em closes, corres e fatos verídicos

Be first to like this.

Para marcar a chegada do mês do orgulho e LGBTQIA+, no país onde muitas pessoas sofrem diariamente com o preconceito, exclusão, violação de seus direitos e dificuldade de acesso à informação, o romance ‘Armário Vazio Não Para Em Pé’ chega em livrarias online pra engrossar o coro por representatividade na literatura brasileira. O lançamento virtual aconteceu em 03 de maio pelas redes sociais e ganhará uma versão física em um evento físico em 04 de junho, às 17h30 na Livraria Patuscada, em São Paulo/SP.

Inspirado na trajetória do autor, Guilherme Moraes neste livro de estreia apresenta a história de Davi, menino que começa a entender sua sexualidade ainda na adolescência, mas que também vê os desdobramentos dessa descoberta na fase adulta. Com passagens reflexivas, divertidas e desafiadoras, um dos objetivos da narrativa protagonizada por Davi é aumentar a representatividade na literatura brasileira.

“A ideia do livro surgiu quando percebi que nunca havia encontrado uma obra que se conectasse com as minhas próprias experiências de alguém que descobriu ainda muito cedo que sua sexualidade não era a que o mundo esperava e não teve a quem recorrer. Pesquisei vários títulos, descobri poucos e até li alguns, mas a oferta ainda é muito escassa. A maioria dos livros sobre amor gay ainda fica na sessão erótica, como se não houvesse também uma demanda por romances e outros gêneros, por isso resolvi escrever o meu próprio”, comenta o autor Guilherme Moraes, de 31 anos.

Mesmo com a ampliação do debate em torno do tema e de importantes conquistas de direitos desta comunidade nos últimos anos, muito ainda precisa ser feito, já que a maioria ainda não enxerga espaço ou se vê representado em obras de arte, mercado de trabalho, política ou na publicidade. Segundo pesquisas realizadas em 2020 e 2021 pelas empresas Getty Images, GLAAD, Elife e SA365, a representação da comunidade na mídia e publicidade ainda continua pouco numerosa e, por muitas vezes, estereotipada.

“Nos anos 90 e até no começo dos anos 2000, havia quase nenhum conteúdo que mostrasse afeto gay. O homem gay sempre estava associado ao humor, e nunca ao amor. E isso fez muita falta para muitos jovens gays que cresceram sem exemplos mais reais. O livro chega como um desabafo e, ao mesmo tempo, como uma referência para que pessoas de todas as idades, que já se sentiram desajustadas ou oprimidas pelo mundo, saibam que pode existir uma saída para a dor e medo que carregam dentro de si e que existe começo, meio e, claro final feliz” explica Guilherme.

O livro “Armário Vazio Não Para Em Pé – baseado em closes, corres e fatos reais” está disponível para compra no site da Amazon (e-book), no Clube de Autores (versões e-book e física) e em diversas livrarias online do país como Livraria Cultura, Submarino e Lojas Americanas.

Related Stories

Estudo de vacina preventiva ao HIV busca voluntários no Brasil
Edição de outubro do Ensaios Perversos traz bate-papo com Doutora Drag, performances e festa virtual
Em época de Bienal, 3 livros LGBTQIA+ para adicionar à sua estante
Extra, extra, extra! O programa Hornet Live Milestones permite que você seja recompensado por suas lives
Quantcast