Sauvage
Sauvage

“Sauvage” causa em Cannes com cenas picantes de sexo gay, assista trailer

“Sauvage”, o longa, que conta a história de um garoto de program gay, causou uma comoção negativa em sua exibição em Cannes fez com que parte do público que assistia a estreia do filme, em maio, abandonando a sessão por conta das cenas de sexo bastante realísticas da produção.

O longa francês que tem direção de Camille Vidal-Naquet, acompanha a vida de Léo, um garoto de programa de 22 anos, vivido por Félix Maritaud, que acabou levando o prêmio da Fundação Louis Roederer de Estrela em Ascensão por sua brilhante atuação, concedido pela Semana da Crítica no festival.

Assista ao trailer:

Uma das sequências que incomodou parte da plateia é quando Léo atende um casal que o trata “como um animal que não pensa”. O casal faz comentários cruéis sobre sua aparência. Depois, um deles ordena que o rapaz fique de quatro e então lubrifica um imenso consolo, que logo em seguida é penetrado no rapaz.

Agora, foi divulgado o primeiro trailer do filme, mas sem mostrar muito, infelizmente. O diretor defendeu o conteúdo considerado perturbador do filme. “Há clientes que podem absolutamente desumanizá-lo e tratá-lo como um objeto total, sob o pretexto de que eles pagaram a você e que te possuem. Eu achei isso tão violento”, disse Vidal-Naquet.

A trama aborda todas as situações vividas por uma pessoa que trabalha com o sexo, como quando Leo, personagem principal, é objetificado por um casal que contrata seus serviços, e o trata “como um animal que não pensa”. O filme ainda não tem data para estrear no Brasil, mas estamos ansiosos.

Comments are closed.