Senador compara saúde trans com mutilação genital

Senador compara saúde trans com mutilação genital

Be first to like this.

O senador do Estado de Kentucky declarou seu total descontentamento com as questões políticas adotadas por Rachel Levine sobre saúde trans. Durante o episódio, Paul Rand ainda acusou e comparou falsamente a pauta de afirmação de gênero para crianças com mutilação genital.

Os argumentos usados na audiência foram basicamente no intuito de confrontar as decisões do novo governo dos EUA em colocar Rachel Levine como subsecretária de saúde. Vale ressaltar que, caso isso aconteça, ela seria a primeira mulher trans a atuar no governo dentro da área da saúde. Os ataques e falsas declarações continuaram por parte do político.

“A maioria das mutilações genitais não é tipicamente realizada à força, mas, como observa a OMS, que por convenção social, norma social, pressão social para se conformar, para fazer o que os outros fazem e têm feito, bem como a necessidade de ser aceito socialmente e o medo de ser rejeitado pela comunidade ”, disse o Senador.

Segundo a VicePaul continuou o questionamento e levantou pautas onde alega que crianças não possuem idade suficiente para tomar uma decisão de tamanha magnitude, além de iniciar o tratamento hormonal. “A cultura americana está agora normalizando a ideia de que os menores podem receber hormônios para impedir o desenvolvimento biológico de suas características sexuais secundárias ”, disse o Senador.

Em resposta, a doutora Rachel Levine disse: “A medicina de saúde trans é um campo muito complexo e cheio de nuances, com pesquisas e padrões de tratamento robustos que foram desenvolvidos ” e acrescentou que ficaria muito feliz em resolver e debater essas questões com o Senador. Vale ressaltar que o político não levantou nenhuma pauta sobre a situação pandêmica em que o mundo ainda vive, mas permeou em atacar medidas que envolvessem direitos LGBTQI+.

Related Stories

Negros perseguidos: o que uma pessoa negra deve fazer se for perseguida sem motivos
Quantcast