turismo LGBT
turismo LGBT

Vamos falar de turismo para gays e de turistas gays?

A convite do Hornet Brasil, agora vou escrever e manter contato com vocês que fazem parte desta grande família. Fiquei muito feliz e adorei o espaço, pois viajar o mundo e poder escrever a respeito é uma chance de perpetuar lembranças.

Sou um daqueles sortudos que trabalha com que gosta: turismo, bem como adoro ser turista! Quem viaja sabe a boa sensação de conhecer um novo país, cidade, pessoas, idiomas, cheiros e temperos. Como é gostoso ser recebido em outro lugar por pessoas que podem ser diferentes de você. E quando falamos de LGBT esta sensação parece mais forte.

Os Gays masculinos brasileiros nos anos de 1970 e 1980 são grande exemplo de que o turismo feito em locais mais seguros e que acolhem melhor dão mais prazer. Devido ao período militar no Brasil, muitos gays viajavam para o exterior para ter mais liberdade nas viagens.

O Brasil é, com certeza, um destino muito gay há anos, pelo menos uns 20 com mais vigor. O Rio sempre foi o mais reconhecido internacionalmente, mas agora temos muito mais ofertas de destinos para nós e nossos amigos estrangeiros: como Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador, Recife, São Paulo, só para citar alguns.

Desde 1997, quando participei da minha primeira convenção na IGLTA, que é a Associação Internacional de Turismo LGBT, e em 1998, quando realizamos um grande evento mundial no Rio de Janeiro, entre o Rio Othon e o Pestana Rio, onde aconteceram os eventos do Simpósio da IGLTA incluindo uma reunião do Board, trabalhei para colocar o Brasil em pauta e mudar sua apresentação como destino LGBT ao ponto da Embratur e do Ministério do Turismo terem o segmento como parte de seu planejamento.

E para nós, turistas gays, o Brasil fica cada vez melhor. Acredito que o maior exemplo foi este Carnaval de 2018 com tantas opções de cidades com carnavais bem LGBT, para ursos, gays estrangeiros e todos os que adoram uma festa como nós gostamos em um ambiente com muita gente fantasiada, além de bandas e famosos cada vez mais fazendo seu carnaval na rua para que todos possam realmente aproveitar alguns dias de folia e muita paquera.

Pretendo trazer minhas viagens para dividir com vocês alguns pontos legais, incluindo dicas atuais como a rede Axel, que se denomina “Heterofriendly”, e que tem o foco no gay masculino, com campanhas super sexy. Também quero trazer os cruzeiros, festas, eventos como o Hell & Heaven que irá completar em novembro 10 anos em Porto de Galinhas, no lindo Enotel, com muita energia e grandes festas de frente para o mar.

Forte abraço e até a próxima.

Clovis Casemiro é coordenador da IGLTA no Brasil e agora é colaborador do Hornet Brasil na área de turismo LGBT. Fale com ele através de um comentário.

 

Imagem em destaque Embratur