Beijo gay e bandeira LGBTI na arquibancada durante jogo na Copa da Rússia

Após beijo gay que rolou na arquibancada, torcedores ingleses abrem bandeira LGBT durante jogo na Rússia. O quinto dia de jogos da Copa do Mundo da Rússia foi marcado pela vitória da Inglaterra sobre a Tunísia, por 2 a 1, que teve beijo entre torcedores ingleses e tunisiano indo às lágrimas.

 

Torcedores ingleses abrem bandeira LGBT

 

Sem se importar com as leis anti-LGBTI do país, os dois torcedores se beijaram ali mesmo, bem na frente de todos. O momento foi capturado pelas lentes do fotógrafo Konstantin Chalabo.

 

 

Além do beijo gay entre dois torcedores ingleses comemorando a vitória da Inglaterra sobre a Tunísia, alguns fãs do tom time foram mais além e ergueram uma bandeira LGBTI durante o jogo da Copa do Mundo da Rússia.

 

LEIA TAMBÉM | Casal gay é atacado na Rússia no primeiro dia da Copa do Mundo

 

A bandeira em questão pertence ao time gay da Inglaterra Three Lions Pride. “Estamos empolgados! É ótimo ajudar a tornar os torcedores LGBTIs mais visíveis e bem-vindos nesta Copa do Mundo. Tivemos alguns trolls nas mídias sociais fazendo ameaças, mas viemos mesmo assim”, disse Di Cunningham, um dos envolvidos pelo ato.

Segundo Cunningham, ele chegou a ficar mais de 15 minutos preso na entrada do estádio durante uma revista. O torcedor afirma teve sua bandeira checada e inspecionada, mas foi liberado pelo segurança do local, que não percebeu se tratar de uma bandeira do movimento LGBTI.

Ainda de acordo com Cunningham, ele chegou a ter total apoio da Associação Inglesa de Futebol. “A FA definitivamente quer que a bandeira seja vista e que a gente compareça. Eles foram avisados e endossaram nosso ato pelo uso da bandeira no Estádio.”, afirmou.

 

Foto: Konstantin Chalabov / Sputnik / AFP